BUSCAR
BUSCAR
Escândalo
Líder evangélico norte-americano renuncia após escândalo sexual
Ex-funcionário de Jerry Falwell Jr. prestou depoimento afirmando que tinha relações sexuais com a esposa do religioso, Becki Falwell, e que ele assistia aos encontros
Redação
25/08/2020 | 16:31

O líder evangélico americano Jerry Falwell Jr., que é um dos grandes apoiadores do presidente Donald Trump, deixou a presidência de uma renomada universidade cristã após revelações sobre sua vida sexual.

Falwell, de 58 anos, foi temporariamente suspenso, a partir de 7 de agosto, pela Liberty University, fundada por seu pai, Jerry Falwell, após a publicação no Instagram de fotos onde aparece com uma mulher, com as calças ligeiramente abaixadas.

Depois, veio à tona o depoimento de um ex-funcionário de piscina, que alegou ter tido relações sexuais com a esposa do religioso, Becki. Jerry Falwell Jr. assistia aos encontros.

Em nota, a Liberty University afirmou que, desde a suspensão temporária de seu reitor, “surgiram outros elementos que mostravam que não seria bom para a universidade que retomasse seu posto” à frente da instituição.
Na segunda-feira à noite, Falwell disse à ABC News e ao Wall Street Journal que havia renunciado.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.