BUSCAR
BUSCAR
Crime
Justiça Federal do RN condena empresário após ele comprar lancha e outros bens com empréstimo destinado para ajudar negócios
A quantia em questão seria para comprar máquinas junto a empresas que integravam o grupo empresarial de Fernando.
Redação
27/06/2022 | 12:40

O empresário Fernando Ikeda foi condenado, pela Justiça Federal do Rio Grande do Noite a cinco anos e quatro meses de reclusão em regime semi-aberto. O empresário está sendo condenado por fraudar um empréstimo junto ao Banco do Nordeste. O juiz federal Walter Nunes, autor da sentença, disse que Fernando conseguiu dois empréstimos junto ao Banco do Nordeste.

A quantia em questão seria para comprar máquinas junto a empresas que integravam o grupo empresarial de Fernando. Porém, com o dinheiro dos empréstimos, que totalizavam R$ 9,9 milhões, Fernando comprou uma lancha, um jet ski e um apartamento de luxo.

“depois do recebimento, cada uma das parcelas do financiamento creditadas pelo Banco do Nordeste, o valor era imediatamente transferido para uma conta, como se correspondesse ao pagamento pelas máquinas adquiridas e às notas fiscais emitidas, em uma verdadeira operação simulada”, afirmou o juiz em sua decisão.

Em análise, Walter Nunes Nunes pontuou que, apenas R$ 435 mil reais, equivalentes a apenas 10,7% do valor do empréstimo, foram usados efetivamente para comprar as máquinas.

Com informações, 96 FM.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.