BUSCAR
BUSCAR
Superação
Ex-morador de rua tira 920 na redação do Enem: ‘Estudei pelo YouTube’
Reviravolta começou há pouco mais de dois anos, quando largou as drogas e decidiu se dedicar aos estudos
UOL
05/04/2021 | 18:54

Em um exemplo de superação, um ex-morador de rua largou o envolvimento com as drogas e conseguiu nota 920 na redação do Enem 2020. A reviravolta na vida de Alexandre Camilo da Silva, de 55 anos, iniciou há pouco mais de dois anos, quando ele decidiu se tratar do vício e se dedicar aos estudos, em Teresina (PI). A meta é conseguir cursar letras “para melhorar meu português”.

Alexandre é natural do Rio de Janeiro e conheceu o mundo das drogas de forma recreativa. A periodicidade do consumo, no entanto, foi aumentando. “Foi se intensificando, principalmente depois de problemas de relacionamento. Me afastei do mercado de trabalho e da minha profissão”, disse ele, ao UOL.

Os problemas levaram-no para outros estados até que tentou a vida em Fortaleza, no Ceará. “Vim para o Nordeste para trabalhar em outra área (turismo), mas o trabalho não estava dando certo e fui para Fortaleza. Terminei na rua. Foram nove meses até que decidi mudar de vida em 2019”, contou.

Desde então, Alexandre se juntou a um projeto social de Teresina. Na cidade, ele se casou e chegou a lançar um livro de poesias, intitulado apenas “Poesias”. O carioca já era formado em biologia, e tem até mestrado, mas almeja entrar no curso de letras.

“Estudei basicamente pelo YouTube. Sempre me mantive estudando e escrevendo. Quando chegou a nota, me surpreendi, mas não muito porque me preparei bem”, admitiu ele.

Alexandre foi de morador de rua a voluntário em projetos sociais e agora é coordenador da Pastoral do Povo da Rua de Teresina, onde compartilha sua história de vida e ajuda as pessoas com seu exemplo de superação.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.