BUSCAR
BUSCAR
Orgulho
Potiguar estudante do IFRN é selecionado em programa da Embaixada dos EUA
Pablo de Azevedo concorreu com 10.118 brasileiros e vai representar o RN no Programa Jovens Embaixadores 2021
Redação
13/05/2021 | 14:21

A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil divulgou, na última sexta-feira, 7 de maio, a lista dos aprovados no processo seletivo para o Programa Jovens Embaixadores 2021. Entre os nomes selecionados, está o de Pablo de Azevedo, de 18 anos, estudante do Curso Técnico em Informática do Campus Parelhas. Pablo vai representar o Rio Grande do Norte no Programa.

O estudante, morador de Jardim do Seridó, declarou que sempre teve interesse pela área de Relações Internacionais. Sua entrada no IFRN, em 2018, só reforçou o sentimento do jovem, que sempre sonhou em ser embaixador.

Ainda no primeiro ano de curso, Pablo passou a pesquisar sobre a área de Relações Internacionais. Ele, que já tinha interesse pela Língua Inglesa, passou a cultivar o desejo de realizar um intercâmbio. Nesse período, conheceu o programa Jovens Embaixadores e enxergou nele a oportunidade que tanto esperava. Em 2019, Pablo tentou o processo seletivo, mas não passou em uma de suas fases. Iria tentar novamente no ano seguinte, mas a pandemia da Covid-19 não permitiu a edição daquele ano, o que desanimou o estudante.

Porém, em 2021, após receber o incentivo de um amigo, Pablo decidiu se inscrever novamente. O estudante realizou todas as etapas, de forma remota, o que foi bem visto por ele, pois, como explica, não houve a necessidade de se deslocar para a capital potiguar. Pablo relembra que teve o apoio de seus professores e colegas no processo de inscrição e seleção. Neste ano, foi o diretor-geral do Campus Parelhas, professor Ramon Viana, que escreveu a carta de recomendação do estudante, o que Pablo cita com muita alegria.

Aprovação

“Mãe, seu filho é embaixador do Brasil”, exclamou Pablo ao ver seu nome na lista de aprovados no site da Embaixada Americana. “Foi uma alegria só. Por eu ter ficado bem triste por não ter passado em 2019, este ano, eu fiz todas as etapas sem olhar no Edital que data sairia o resultado”, contou o jovem, que relembra o dia em que recebeu a notícia da aprovação: “era sexta-feira, ao meio-dia, quando recebi o e-mail com o título ‘Parabéns aos selecionados’. Eu o abri na maior velocidade e vi meu nome como representante do RN. Foi uma felicidade só. Eu saí gritando pela casa”.

O estudante é um dos 33 brasileiros aprovados nesta edição e deixa transparecer a emoção ao representar o Rio Grande do Norte: “eu amo meu estado e gosto muito da ideia de estar representando-o, a região do Seridó e a minha cidade de Jardim do Seridó. É muito bom ter um monte de conterrâneos me parabenizando e me enviando boas energias, e eu garanto que vou honrar cada parabenização que recebi”.

Pablo explica que sua aprovação possui vários significados. O primeiro, nunca desanimar. O segundo, sentir o alívio de tornar-se embaixador após um longo período de tentativas. “A terceira é ser um exemplo de que, com educação, qualquer pessoa pode chegar a qualquer lugar”.

Programa Jovens Embaixadores

Partindo de uma iniciativa do Departamento de Estado dos Estados Unidos, o Programa Jovens Embaixadores é realizado anualmente em todos os países do continente americano. Por meio dele, jovens de diferentes países e culturas têm a oportunidade de realizar um intercâmbio nos EUA.

Segundo a Embaixada Americana, no Programa, os jovens selecionados têm a oportunidade de “participar de atividades e oficinas sobre liderança, cultura e comunicação, cidadania digital, mudança social em sua comunidade e em nível global”. A edição deste ano, em razão da pandemia da Covid-19, foi adaptada para o formato virtual e ocorrerá de 14 de junho a 13 de agosto.

Colaboração do IFRN

O Programa Jovens Embaixadores conta com a parceria de Instituições Parceiras (IP) e o IFRN é uma delas, como explica o assessor de Extensão e Relações Internacionais (ASERI), professor Samuel Lima: “há anos, juntos à Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (Seec), temos sido IP e colaborado com a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil no processo seletivo do Programa Jovens Embaixadores. Devido à pandemia, muita coisa precisou ser adaptada para a edição de 2021”.

Samuel detalha que o professor Bruno Lima, assessor de Relações Internacionais do Campus Natal-Central, desempenhou um importante papel em meio aos desafios de realizar o processo seletivo do Programa em meio à pandemia. “Eu já tinha experiência como orientador de candidatos quando estava lotado no Campus Natal Zona Norte”, conta Bruno, “este ano, estive exclusivamente na colaboração com a Aseri/IFRN, seguindo as orientações da Embaixada dos EUA”. Acredito no poder transformador do Programa, não só para os candidatos, mas também para suas comunidades”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.