BUSCAR
BUSCAR
Disputa Eleitoral
Disney afirma que não autorizou Joice Hasselmann a usar imagens dos Muppets em campanha
Hasselmann, que foi associada à personagem Miss Piggy pelos filhos e demais aliados do presidente Jair Bolsonaro como ofensas à sua aparência física, resolveu usar o próprio bullying que sofreu a seu favor
Redação
06/10/2020 | 16:29

A deputada federal e candidata à prefeitura de São Paulo, Joice Hasselmann (PSL), foi notificada pela Disney após utilizar, indevidamente, imagens de um filme da companhia para ilustrar uma peça publicitária de sua campanha. O vídeo, lançado nesta terça-feira 6, mostra os personsagens da franquia Muppets cantando o jingle de sua candidatura. 

Hasselmann, que foi associada à personagem Miss Piggy pelos filhos e demais aliados do presidente Jair Bolsonaro como ofensas à sua aparência física, resolveu usar o próprio bullying que sofreu a seu favor, colocando os bonecos da popular franquia da Disney em sua campanha. 

Em um dos refrões, a porquinha Miss Piggy canta: “Joice, prefeita que não cansa | pra cidade que não para | não para | São Paulo merece mais | tem jeito tem Joice para mudar isso aí.”.

No entanto, após a veiculação do vídeo nas redes sociais, A Disney emitiu nota afirmando que não autorizou a candidata a utilizar as imagens. A empresa não deu maiores explicações sobre quais medidas vai tomar em relação à peça publicitária.

Segundo pesquisa realizada pelo Ibope, em parceria com o jornal “O Estado de São Paulo”, Joice Hasselmann aparece com 2% das intenções de voto à Prefeitura de São Paulo. Está atrás de Celso Russomanno, que tem 24%, Bruno Covas (18%), Guilherme Boulos (8%), Márcio França (6%), e empatada com Mamãe Falei (2%). Esta é a primeira vez que a deputada se lança candidata à Prefeitura da capital paulista.

*As informações são do Diário de Pernambuco

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.