BUSCAR
BUSCAR
Internacional
Decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos suspende o Direito ao aborto no país
Agora, cada estado é livre para proibir ou autorizar o aborto
Redação
24/06/2022 | 13:56

Nesta sexta-feira, 24, a Suprema Corte dos Estados Unidos tomou a decisão de invalidar a garantia nacional do direito ao aborto legal no país. Agora, a permissão ou a proibição sobre a interrupção da gravidez ficará na responsabilidade dos estados do país.

Os juízes derrubaram a garantia por seis votos contra três. Em 1970, a mesma Suprema Corte que invalidou a garantia, foi quem decidiu e estabeleceu o direito ao aborto nos EUA.

Para o Partido Republicano e os grupos conservadores do país, a decisão foi uma vitória, que queriam proibir esse tipo de procedimento no país.

No entanto, a nova decisão do supremo não significa que o aborto está proibido em todos o país. Os estados mais conservadores, que são maioria, poderão decidir se irão continuar ou não com a manutenção desse direito.

Agora, cada estado é livre para proibir ou autorizar o aborto.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.