BUSCAR
BUSCAR
Confissão
David Brazil confessa que contrata profissionais do sexo e tentou parcelar programa de R$ 2 mil: “Valeu a pena”
O artista disse que chegou a repetir o encontro depois, pelo mesmo valor, mas que não houve mais encontros com o rapaz
O Canal
02/08/2021 | 19:12

David Brazil revelou que está acostumado a contratar profissionais do sexo e que já chegou a investir milhares de reais no “hobby”. O valor máximo investido em um único garoto foi de R$ 2 mil, por uma noite completa com o rapaz. As informações são do Portal O Canal.

“Não é famoso. É um bofão que sempre fui louco. Ele come todas as mulheres do Rio, é o cara. Sempre tive muito tesão, e sempre tentei”, contou ele em entrevista para o canal de Lisa Gomes no YouTube.

“Até que um dia falei ‘sou apaixonado e você’ e ele mandou o papo: ‘se tu me adiantar uma ‘parada’ que eu tô com uma dívida’”, disse David Brazil, relembrando a situação aos risos.

O promoter disse que, ao saber o valor, chegou a tentar parcelar em quatro prestações de R$ 500. Como não obteve êxito, decidiu pagar à vista. “Tem tantos famosos lindos, ricos, cobiçadíssimos que pagam caro tipo 10, 30 mil [reais]. Então paguei. Infelizmente foi à vista, mas garanto que valeu a pena”, afirmou.

David disse ainda que repetiu o “encontro” pouco tempo depois, pelo mesmo valor, tendo um total de R$ 4 mil gastos em programas com o mesmo homem. “Não teve a terceira vez porque ele não quis e não quer mais nem por R$ 2 mil”, comentou.

O influenciador contou que ainda hoje tem o costume de usufruir desse tipo de serviço, pagando valores mais baixos atualmente”. Até hoje pago, 100, 200, 300 reais”, revelou David Brazil.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.