BUSCAR
BUSCAR
Audiovisual
Com filmes locais e nacionais, Cine Verão começa em 20 de janeiro; confira programação
Exibições acontecem entre os dias 20, 21 e 22 de janeiro, com programação gratuita composta por mostras de filmes locais e nacionais, além de debates
Redação
14/01/2021 | 07:11

O Cine Verão – Festival de Cinema da Cidade do Sol chega a quarta edição nos próximos dias 20, 21 e 22 de janeiro, com programação totalmente gratuita composta por mostras de filmes e debates. Após três edições presenciais de sucesso, com 57 filmes exibidos, o festival acontecerá no formato online neste ano, em decorrência da pandemia da Covid-19.

Com realização da Pinote Produções, o projeto segue com o objetivo de ampliar as plataformas de difusão do cinema independente com foco na produção potiguar e brasileira.

O festival teve mais de 350 filmes inscritos nas duas mostras: a Mostra Cine Verão Poti exibirá obras de realizadores potiguares e rodados no RN, e a Mostra Cine Verão Brasil exibirá obras realizadas por brasileiros de diversas regiões do país.

Após a análise criteriosa da curadoria – composta por Marana Torrezani, Rafaela Bernardazzi e Raildon Lucena na Mostra Cine Verão Poti, e Arlindo Bezerra, Carito Cavalcanti e Heloísa Sousa na Mostra Cine Verão Brasil – foram selecionados 10 curtas potiguares e 30 curtas nacionais.

Ter tantos filmes inscritos é uma prova de que o movimento audiovisual continua atuante, e que a cultura segue resistindo apesar dos obstáculos. A curadora Heloísa Sousa considera os festivais de cinema movimentos de resistência necessários.

“Tenho percebido a curadoria de festivais como um exercício do olhar sobre as obras artísticas promovendo descentralizações e subversões das estéticas e éticas comuns. É também nesse sentido que se desdobra a seleção dos curtas-metragens que integram a programação da mostra nacional desta edição do Cine Verão, entre propostas documentais e de ficção advindas de diferentes cidades do Brasil, que com muita qualidade técnica e através de explorações consistentes na linguagem do audiovisual propõe outros protagonismos para as obras”, disse.

Para ela, diante de um cenário tão devastador para o país, ter a oportunidade de apreciar e dialogar com tantas obras do cinema brasileiro e observar esse movimento de resistência e a capacidade de elaboração de múltiplas poesias é o que torna os festivais encontros tão necessários. O Cine Verão conta com o patrocínio da Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, Prefeitura do Natal e Governo Federal.

MOSTRA CINE VERÃO POTI

  • Womaneater – Direção: Paula Pardillos
  • Somente Após o Descanso – Direção: Sihan Felix
  • Cidadãos Invisíveis – Direção: Paulo Dumaresq
  • Dias Felizes – Direção: André Santos
  • Natureza do Homem – Direção: André Santos
  • Urubá – Direção: Rodrigo Sena
  • Crisálida – Direção: André Rosa
  • Vai Melhorar – Direção: Pedro Fiuza
  • Mais Um João – Direção: Athos Muniz
  • Quem Sabe Ele Mude – Direção: Kell Allen

MOSTRA CINE VERÃO BRASIL

  • Luís Humberto: O Olhar Possível – Direção: Mariana Costa e Rafael Lobo (DF)
  • Quarta: Dia de Jogo – Direção: Clara Henriques e Luiza França (RJ)
  • Castanhal – Direção: Rodrigo Chagas e Marques Casara (AM / SP)
  • Lacrimosa – Direção: Matheus Heinz (RS)
  • Mãtãnãg, A Encantada – Direção: Shawara Maxakali e Charles Bicalho (BG / MG)
  • Pelano! – Direção: Chris Mariani e Calebe Lopes (BA)
  • Modelo Morto, Modelo Vivo – Direção: Iuri Bermudes (SP)
  • Nadir – Direção: Fábio Rogério (SE)
  • O Caminho das Águas – Direção: Antonio Fargoni e Karla Ferreira (PE)
  • Papinha de Goiaba – Direção: Tiago Fonseca (RJ)
  • Mihe’aka Voxené: Simoné Veyopé Ûti! (Abre Caminho: nossas câmeras chegaram!) – Direção: Raylson Chaves (MS)
  • Bochincho, O Filme – Direção: Guilherme Suman (RS)
  • Batom Vermelho Sangue – Direção: R.B. Lima (PB)
  • Miga, Cê É Drag? – Direção: Gustavo Zampoli (SP)
  • Ela Que Mora no Andar de Cima – Direção: Amarildo Martins (PR)
  • Em Cima do Muro – Direção: Hilda Lopes Pontes (BA)
  • DNA-M Deus Não Acredita em Máquinas – Direção: Ely Marques (PB)
  • Janelas Daqui – Direção: Luciano Vidigal e Arthur Sherman (RJ)
  • Se Não For Divertido Não Tem Graça – Direção: Vinicius Comoti (PR)
  • Marco – Direção: Sara Benvenuto (CE)
  • Inspirações – Direção: Ariany e equipe (RJ)
  • Seremos Ouvidas – Direção: Larissa Nepomuceno (PR)
  • A Barca – Direção: Nilton Resende (AL)
  • Endless Love – Direção: Duda Gambogi (RJ)
  • Salinas – Direção: Gustavo Nakao (PR)
  • Ausência – Direção: Luiz Marchetti (MT)
  • Prefiro Que Me Xinguem – Direção: Levi Guimarães Luiz e Marcos Warschauer (SP)
  • O Menino e o Ovo – Direção: Juliana Capilé (MT)
  • O Menino Que Morava no Som – Direção: Felipe Soares (PE)
  • Marcas de Expressão: O Reflexo da Vida nas Ruas – Direção: Luan Macedo & Valesca Macedo (AL)
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.