BUSCAR
BUSCAR
Aviso
Ciro Gomes processará página que patrocinou post com críticas a ele
Para pré-candidato do PDT à Presidência, há onda orquestrada de fake news contra ele nas redes sociais
Metrópoles
02/09/2021 | 16:41

O pré-candidato à Presidência Ciro Gomes e seu partido, o PDT, anunciaram que vão entrar com uma ação na Justiça e fazer uma denúncia à CPMI das Fake News contra o editor de uma página que pagou o Facebook para promover postagem de texto com críticas ao político.

Ciro acusa o jornalista Felippe Hermes, cofundador do site Spotniks, colunista do InfoMoney e editor da página Liberdade BR, onde saiu o texto, de “ação orquestrada e mercenária”.

“Compreendemos que não se trata apenas de livre expressão do pensamento, nem divulgação jornalística – o que defendemos democraticamente – mas de pagamento de uma ação negativa nas redes sociais contra um pré-candidato à presidência. Isso é ilegal e é assunto muito grave.”, diz nota divulgada pelo PDT. “É preciso investigar porque o Sr Felippe Hermes faz isso e de onde vem os recursos”, diz ainda o texto.

A postagem criticada por Ciro tem como título “Quanto custaria reverter a privatização da Petrobras como quer Ciro Gomes” e o post foi patrocinado com a chamada: “Das ideias malucas do Ciro Gomes que vão acabar fazendo o país ir parar no SPC”, conforme registro no sistema de transparência de anúncios no Facebook. Veja:

Em suas redes, Felippe Hermes se defendeu de críticas argumentando que não há nada de ilegal em patrocinar posts na rede e que já patrocinou outros com críticas ao ministro Paulo Guedes e ao ex-presidente Lula.

Sobre o fato de eu ter patrocinado com um texto que critica o Guedes, outro o Lula e um o Ciro

Motivos:

1) Pq eu quis
2) Pq o dinheiro é meu
3) Pq choro de militantes é sempre bom
4) Particularmente achei bons textos
5) Quem tiver interesse em ler deixo os links na sequência pic.twitter.com/UIZWJ9398p

Com a descoberta flagrante de ações patrocinadas nas redes sociais para atacar a imagem de Ciro Gomes, informamos que:

1. Ciro Gomes e o PDT entrarão com uma ação na Justiça e outra na CPI das Fake News para que se investigue o que está por trás da ação orquestrada e mercenária do Sr. Felippe Hermes.

2. Compreendemos que não se trata apenas de livre expressão do pensamento, nem divulgação jornalística – o que defendemos democraticamente – mas de pagamento de uma ação negativa nas redes sociais contra um pré-candidato à presidência. Isso é ilegal e é assunto muito grave.

3. É preciso investigar porque o Sr Felippe Hermes faz isso e de onde vem os recursos.

4. É necessário aprofundar as investigações sobre a origem destes recursos.

5. Ao mesmo tempo, o PDT pediu a grupos técnicos que examinem se há outras ações negativas pagas, na Internet, contra Ciro.

6. Não nos surpreenderá se isso ficar comprovado, pois Ciro Gomes é um dos políticos brasileiros mais vítimas de fake news.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.