BUSCAR
BUSCAR
Audiovisual
Cine Drive-In exibe folclore e arte na história de “Pacarrete”
Primeiro longa-metragem do diretor cearense Allan Deberton, “Pacarrete” será exibido hoje neste sábado 17 Cine-Drive In Natal, na Arena das Dunas. Filme mostra a resistência artística na trajetória de uma bailarina nordestina
Nathallya Macedo
17/10/2020 | 05:45

A valorização das manifestações artísticas é extremamente importante em tempos difíceis. Os produtos culturais são praticamente válvulas de escape em meio ao caos, já que tornam mais leves as situações adversas. Para abrandar os dias pandêmicos, durante o mês de outubro, o Cine Drive-In Natal leva para a Arena das Dunas filmes nacionais e locais que devem agradar todos os amantes da sétima arte. E “Pacarrete” é um deles.

O longa é o primeiro do diretor cearense Allan Deberton e conta uma história de representatividade nordestina em meio ao processo de resistência cultural. “A ideia surgiu há mais de 12 anos, quando eu descobri um pouco mais sobre a vida de Pacarrete, uma mulher folclórica na minha cidade. Eu a via como uma pessoa da cidade à margem, me diziam que era barulhenta e, por vezes, violenta. Depois de pesquisar, percebi que ela foi injustiçada em vida, mal compreendida, então o filme surgiu da necessidade de falar sobre questões que as pessoas não conheciam ou não entendiam sobre ela”, contou o cineasta.

Excêntrica, a bailarina fez da vida uma constante busca para mostrar o valor da arte através da dança no sertão cearense. O filme foi gravado na cidade de Russas, terra natal de Allan e de Pacarrete. “Fizemos um movimento grande na cidade, fechamos ruas, pedimos objetos e móveis para vários conterrâneos que estão presentes no filme. Tem a cara de Russas – e do Brasil”. O filme foi o grande vencedor do Festival de Gramado 2019, com 8 kikitos. “Foi incrível esta nossa estreia brasileira, com uma sessão emocionante. A história emociona pela sinceridade que está em tela. Falamos sobre a vida de pessoas comuns e, dentro deste universo, de uma pessoa não tão comum”, afirmou.

“Pacarrete” será exibido neste sábado 17 durante o festival gratuito do Cine Drive-In Natal. Em entrevista, Allan relembrou inspirações e narrou expectativas. Confira:

AGORA RNO que podemos esperar do tom do filme?

Allan Deberton – É uma dramédia musical. É um filme de arte e é também um filme popular, ou seja, acessível a todos e todas. Conta história dessa mulher com enorme paixão pela França. Ou seja, o universo varia do regional ao universal. O filme fez estreia mundial no Festival Internacional de Cinema de Xangai, na China. Penso que a história faz sentido mundo afora, pois sempre poderemos identificar em nossas vidas e em nossa rotina coisas em comum com o filme. Neste sentido, a produção propõe uma reflexão profunda. É muito bom perceber as pessoas se transformando em função da mensagem do longa.

AGORA RN – Marcélia Cartaxo é a protagonista de “Pacarrete” e emociona por levar afeto para as telas. Como foi a escolha do elenco?

Allan Deberton – Marcélia é uma das maiores atrizes do Brasil, premiada no Festival de Berlim Melhor Atriz pelo clássico “A Hora da Estrela”, de Suzana Amaral. Fazia um tempo que Marcélia não tinha um personagem protagonista, forte a sua altura. Somos amigos e sempre pensei neste filme com ela protagonizando. Foi um grande desafio para ela, que não dançava balé e teve que se preparar bastante. Além de Marcélia, temos duas grandes atrizes paraibanas, Zezita Matos e Soia Lira, e do baiano João Miguel, um dos mais queridos atores do país. De Fortaleza, contamos ainda com Samya de Lavor, Rodger Rogério, Edneia Tutti Quinto e Débora Ingrid, com reconhecida presença em diversos filmes premiados.

AGORA RN – O que você espera da exibição em Natal? Qual é a mensagem que você quer passar para os espectadores?

Allan Deberton – Estou empolgado. As plateias no Nordeste são sempre acolhedoras e, sendo uma produção nordestina, imagino que terão motivos para se orgulhar ainda mais. E adoro receber feedback. Por favor, nos procurem e marquem a experiência no Instagram (@pacarreteofilme) ou na página do filme no Letterbox. A principal lição do filme é o respeito ao próximo. Além disso, quero que todos saibam que podemos acreditar sempre em nossos sonhos, persistindo por eles.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.