BUSCAR
BUSCAR
Orientação
Caso José Carlos: DHPP pede cautela na divulgação de informações para evitar linchamentos e injustiças
Declaração é dada em coletiva de imprensa diante da hipótese do corpo encontrado na manhã de hoje ser do menino de 8 anos, que está desaparecido desde 21 de outubro
Redação
12/11/2020 | 17:24

A Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), pediu cautela na divulgação das informações sobre o caso do menino José Carlos, desaparecido desde 21 de outubro, pra não acontecer “linchamentos e justiça com as próprias mãos”.

A declaração é dada em coletiva de imprensa, na tarde desta quinta-feira, 12, diante da hipótese do corpo encontrado na manhã de hoje ser da criança, já que possuí as mesmas características de José Carlos.

Segundo o delegado Claudio Henrique Freitas, porta-voz da coletiva, a mãe de José Carlos, , e o padrasto não voltarão para casa “porque a população está revoltada”. A medida visa garantir a segurança dos familiares.

A DHPP reforça que nenhuma linha de investigação foi descartada, mas que é necessário precaução nas tomadas de decisão.

Confira as últimas notícias sobre o caso José Carlos clicando nas matérias abaixo:

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.