BUSCAR
BUSCAR
Medida
Caixa bloqueia contas da poupança social por suspeita de fraudes em todo o Brasil
Presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, confirmou o bloqueio de diversas contas da poupança digital, movimentadas para o crédito do Auxílio Emergencial; beneficiários afetados terão de procurar agências bancárias para recuperar o acesso
Redação
21/07/2020 | 23:38

Contas da poupança social da Caixa, usadas para pagamento do auxílio emergencial, foram bloqueadas por suspeita de fraudes. Os usuários do aplicativo Caixa Tem, usado para movimentar a conta, devem se apresentar em uma agência bancária, com documento de identidade para regularizar o cadastro.

“Todos os bloqueios são suspeita de fraude”, afirmou presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães. “Suspendemos centenas de milhares de contas sim, e nesse momento as pessoas podem pedir o desbloqueio”.

Ainda segundo Pedro Guimarães, o total de contas bloqueadas seria equivalente a cerca de 5% do total de aprovados.

Em nota oficial, após a repercussão das falas do presidente da instituição, a Caixa esclareceu que o aplicativo Caixa Tem possui múltiplos mecanismos integrados de segurança, mantendo-se inviolável e seguro. “O baixo percentual de fraudes observado deve-se à engenharia social, em que são utilizadas informações, documentos e acessos dos próprios clientes. Assim, recomenda-se utilizar apenas os aplicativos oficiais da Caixa e jamais compartilhar informações pessoais”, disse o banco.

O Agora RN questionou questionou o número exato de contas bloqueadas por suspeita de fraude no Rio Grande do Norte, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Segundo a Caixa, a área de segurança do banco monitora continuamente as contas e os acessos e, em caso de suspeita, realiza o bloqueio preventivo. Adicionalmente, a área de segurança do banco monitora continuamente as contas e acessos e, em caso de suspeita, realiza o bloqueio preventivo da conta para proteger os clientes. Dessa forma, os usuários do aplicativo Caixa Tem que receberem a mensagem “Procure uma agência da Caixa com seu documento de identidade para regularizar seu cadastro”, devem seguir essa orientação para a regularização do acesso e conta.

Ainda de acordo com a instituição bancária, já foram pagos mais de R$ 121 bilhões para 65,2 milhões de pessoas. Além de garantir segurança financeira dos beneficiários, a ação de pagamentos da CAIXA vem promovendo a maior operação de transferência de renda da história do país. “O banco esclarece que informações sobre eventos criminosos são repassadas exclusivamente às autoridades policiais, e ressalta que presta irrestrita colaboração nas investigações”, disse o banco em nota.

Nesta quarta-feira (22), A Caixa paga a quarta parcela do Auxílio Emergencial para 1,9 milhão beneficiários do Bolsa Família qualificados no programa, cujo número do NIS termina em 2. Os pagamentos para esse grupo são feitos da mesma forma que o Bolsa.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.