BUSCAR
BUSCAR
Decisão
BBB21: Justiça arquiva nove denúncias criminais contra Karol Conká
No início de fevereiro, quando a artista ainda estava no confinamento, o Ministério Público passou a investigá-la
Notícias da TV
01/03/2021 | 14:42

Por recomendação do Ministério do Público, a Justiça do Rio de Janeiro determinou o arquivamento de nove denúncias contra Karol Conká. A cantora de 34 anos virou alvo de diferentes investigações pelo crime de injúria, por comportamentos que teve durante a passagem pelo BBB21, sobretudo contra Lucas Penteado e Juliette Freire.

No período de 11 a 25 de fevereiro, os juízes da 1ª e da 2ª Vara Criminal de Jacarapaguá, no Rio de Janeiro, publicaram as decisões livrando a rapper de ações judiciais e de inquérito policial. O Notícias da TV teve acesso aos documentos.

No início de fevereiro, quando a artista ainda estava no confinamento, o Ministério Público passou a investigá-la. O órgão recebeu 25 denúncias contra a ex-sister, que foram encaminhadas para as promotorias responsáveis.

Durante a passagem de Karol pelo BBB21, atitudes da cantora contra Lucas Penteado e Juliette Freire revoltaram uma parcela dos fãs do reality nas redes sociais. A cantora isolou o ex-Malhação do convívio na casa e foi acusada pelos fãs de promover violência psicológica contra ele.

Em 1º de fevereiro, durante o intervalo do Jogo da Discórdia, Karol chamou Lucas de abusador e, no dia seguinte, eles conversaram e fizeram as pazes.

A conduta de Conká com Juliette também foi alvo de acusações na web. Em 29 de janeiro, a cantora criticou o jeito da advogada e associou o comportamento aos nativos do Nordeste. “Eu sou de Curitiba, tenho muita educação para falar com as pessoas”, justificou a rapper na ocasião.

A fala foi considerada preconceituosa e, após a repercussão negativa, a equipe de Karol reconheceu que a sister errou e pediu perdão aos nordestinos. “O uso foi equivocado e mostra que é necessária reflexão sobre falas aparentemente despretensiosas que podem carregar, de maneira aparentemente inocente, xenofobia e outros tipos de discriminação”, pontuou a equipe em comunicado oficial.

Karol Conká investigada

Após receber as denúncias e fazer a análise dos vídeos, o MP optou por não instaurar inquérito e solicitou o arquivamento das queixas à Justiça. De acordo com a promotora Denise Pieri Pitta, da 1ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal da área de Madureira e Jacarepaguá, a maioria dos relatos são genéricos e sem imputação de um crime específico.

Ela ainda destacou, em entrevista ao jornal Extra em fevereiro, que esse tipo de caso precisa da representação da vítima para a instauração de processo. “Nada impede que qualquer participante que se sinta ofendido, ao sair da casa, represente ao MP para que o órgão de execução com atribuição possa adotar as medidas cabíveis na análise do caso concreto”, justificou ela.

A Justiça acatou os pedidos de arquivamento do Ministério Público. “Acolho a promoção ministerial pelas razões despendidas e determino o arquivamento do inquérito policial. Comunique-se. Ciência ao MP”, escreveu o juiz Aylton Cardoso Vasconcellos, titular da 2ª Vara Criminal, em uma de suas decisões.

O magistrado assinou quatro dos nove arquivamentos. Os outros cinco foram determinados pela juíza Raphaela de Almeida Silva, da 1ª Vara Criminal regional de Jacarepaguá.

Karol Conká deixou o BBB21 com recorde histórico de rejeição do reality show: 99,17%. Fora da casa há seis dias, a cantora tem feito uma “peregrinação” por programas da Globo. Ela já passou por Domingão do Faustão e Fantástico, em uma tentativa de recuperar a imagem positiva junto ao público, que a considerou a grande vilã da temporada.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.