BUSCAR
BUSCAR
Tributos
Arrecadação de impostos no RN despenca 15% em junho, diz Secretaria de Tributação
Arrecadação no Rio Grande do Norte registrou queda de 15% em abril, ao se comparar com o mesmo mês de 2019, e somou R$ 442 milhões, segundo a Secretaria Estadual de Tributação (SET)
Redação
08/07/2020 | 23:28

A arrecadação de impostos no Rio Grande do Norte registrou queda real (com o desconto da inflação) de 15% em abril, ao se comparar com o mesmo mês de 2019, e somou R$ 442 milhões, segundo informações da Secretaria Estadual de Tributação (SET).

Em junho de 2020, o recolhimento dos impostos estaduais (ICMS, ITCD e IPVA) apresentou o melhor resultado desde março, quando o Rio Grande do Norte iniciou as restrições de isolamento social e a suspensão de diversas atividades econômicas.

Segundo a SET, a partir dos dados do Boletim Semanal de Atividade Econômica, que foi publicado nesta quarta-feira (08), o mês de maio foi o pior da série histórica, com redução total das receitas de 18,3% – e arrecadação total de R$ 421 milhões.

Ainda em junho, de acordo com o boletim, a arrecadação do ICMS – principal imposto recolhido no território potiguar – caiu 18%, saindo dos R$ 465 milhões em 2019 para os R$381 milhões este ano.

Com esse resultado até então, junho de 2020 fica marcado como o mês em que houve o menor recolhimento de ICMS desde o início da pandemia e da implantação das medidas restritivas.

Os dados apontam que houve aumento gradativo em perdas desde abril de 2020, no comparativo com os mesmos meses do ano passado. No quarto mês de 2020, o recolhimento de tributo caiu 14% e, em maio, 16%.

No entanto, os dados apontam para uma leve retomada na arrecadação. Na última semana de análise, de 22 a 28 de junho, houve aumento de 1,6% em relação à semana anterior, registrando movimento econômico diário médio de aproximadamente R$ 71,74 milhões.

Um dos pontos positivos do mês de junho foi o desempenho positivo do setor atacadista, com o incremento na arrecadação do ICMS foi de 15% na comparação entre 2020 (R$ 88 milhões) e 2019 (R$ 76 milhões).

“Após queda acentuada do movimento econômico a partir da última semana do mês de março, percebe-se uma lenta recuperação na economia potiguar a partir do mês de maio. Especificamente na última semana de análise (22 a 28 de Junho) vê-se uma redução de 4,38% do volume transacionado pelas empresas do Rio Grande do Norte em relação à semana imediatamente anterior, alcançando patamar de R$ 257,18 milhões em operações diárias”, informou o boletim da Secretaria Estadual de Tributação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.