BUSCAR
BUSCAR
Coluna
Aproximação de Júlio César com Fátima Bezerra mexe com a oposição e a Região Metropolitana
Confira a coluna Notas e Informes desta quinta-feira 19
Redação
19/05/2022 | 10:03

Ceará-Mirim é hoje o quinto maior colégio eleitoral do Rio grande do Norte e quarto maior da Região Metropolitana. Um colégio com mais de 50 mil eleitores que, além da sede do município, tem boa parte dos eleitores vivendo nos seus diversos distritos. Na última eleição, o prefeito Júlio César (PSD) saiu fortalecido das urnas com 81,40% dos votos. Sua avaliação positiva é muito alta também. Uma audiência chamou a atenção no Centro Administrativo: a governadora Fátima Bezerra (PT) recebeu o prefeito de Ceará-Mirim e sua irmã, Dra. Jarlene (PP), que foi candidata a prefeita de Maxaranguape e faz oposição ao sistema liderado pelo ex-prefeito Luiz Eduardo (Solidariedade), pré-candidato a deputado estadual.

Júlio César apresentou demandas de infraestrutura e segurança pública. A governadora atendeu o pedido e se comprometeu em adotar as providências para a retomada da tão sonhada obra de asfalto da RN que liga Ceara-Mirim a Extremoz, no trecho da Usina a Lagoa Grande. Ela se comprometeu ainda em autorizar o asfalto de parte do trecho que liga Ceará-Mirim a Boa Vista beneficiando o Baixo Vale, a região das Praias e Roteiro dos Engenhos. Ainda fez parte da pauta da reunião o pleito para celebração de convênio entre o Estado e o Município para o asfalto da avenida que liga as Praias de Muriú, Porto Mirim e Jacumã. Também parcerias para abertura das Delegacias da Mulher e de Homicídios de Ceará-Mirim.

O prefeito de Ceará-Mirim representa hoje o principal aliado do ministro Fábio Faria (Comunicação) e do ex-governador Robinson Faria (PL) na região Metropolitana. Ceará-Mirim foi celeiro de grandes convênios com recursos do governo Bolsonaro em obras. Os atos de Júlio César foram vistos na oposição como preparar o clima para anunciar o apoio à reeleição de Fátima Bezerra. Júlio sabe que em 2018, na cidade, Fátima obteve 60% no 1º Turno e no 2º Turno ela subiu para 73,58%, sendo uma das maiores maiorias dela na Região Metropolitana. Foram mais de 18 mil votos só de maioria. Isso, o prefeito, apesar da liderança, sabe que não tem como oferecer ao pré-candidato Fábio Dantas (Solidariedade).

Estratégia
A turma da oposição e ligada ao presidente Bolsonaro não gostou da foto do prefeito Júlio César com a governadora Fátima Bezerra. Teve gente que o chamou de “traíra” e de “vira casaca”. As publicações não foram bem recebidas no Palácio em Ceará-Mirim.

Desarticulação
O empresário Haroldo Azevedo (Patriota) decidiu retirar sua pré-candidatura a governador. Ele se decepcionou com a maneira como os políticos agem. “Os que estão postos, até esse momento, não me representam. Sou de direita, conservador e, como citei, torço pelo presidente Jair Bolsonaro”, afirma o empresário, que é dono da 94 FM de Natal.

TBT
O ex-prefeito Carlos Eduardo Alves, pré-candidato ao Senado pelo PDT, depois de dias sem agenda no interior, publicou ontem uma foto com a ex-governadora Wilma de Faria, relembrando antigas campanhas. Carlos, quando prefeito de Natal e Wilma vice, desprezou a “Guerreira”. Deixou ela sem consideração nenhuma.

Agreste
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) julgou processo de investigação judicial eleitoral do município Serra de São Bento, que acusava a prefeita Wanessa Morais (MDB), o vice-prefeito Eduardo Pereira de Melo (PT), e o ex-prefeito e pai da atual prefeita, Chico Erasmo (PSDB), por abuso de poder político e abuso de poder econômico, além de captação ilícita de sufrágio. O advogado Cristiano Luiz sustentou em defesa dos acusados, apresentando os motivos pelos quais os materiais de áudio ambiental não deveriam ser determinantes para a cassação, uma vez que derivaram de prova ilícita. O placar foi 6×1.

Despedida
O juiz Geraldo Mota participou ontem de sua última sessão plenária como membro do colegiado do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN). A juíza Maria Neíze Fernandes passará a ocupar a vaga deixada pelo magistrado.

Nordeste
O rompimento de partidos aliados ao PSB em Pernambuco estremeceu o palanque oficial do ex-presidente Lula da Silva (PT) no estado. O partido é um dos principais aliados do petista no plano nacional. O PSD deixou a base aliada do PSB e oficializou o apoio à pré-candidatura de Marília Arraes (Solidariedade) ao Governo de Pernambuco. PP e Avante deverão seguir o mesmo caminho nas próximas semanas. O próprio Solidariedade estava no palanque do PSB antes da chegada da ex-petista.

Supremo
Relator da ação de abuso de autoridade movida por Jair Bolsonaro contra Alexandre de Moraes, o ministro Dias Toffoli rejeitou nesta quarta, um dia após o protocolo da matéria, o pedido do presidente. Para o ministro, não há crime nas condutas apontadas pelo presidente na ação contra Moraes. Sem crime, não há também “justa causa” para que a matéria tramite na Corte, o que leva ao arquivamento do caso

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.