BUSCAR
BUSCAR
Repercussão
Anitta é acusada de racismo após falar palavra considerada ofensiva em live
O termo "nigga" surgiu nos EUA para diminuir pessoas negras, sendo associado a ideais da supremacia branca
Diário do Nordeste
21/09/2021 | 14:51

A cantora Anitta está sendo acusada de racismo por internautas norte-americanos após cantar uma música da rapper Doja Cat e falar o termo “niggas” durante uma live no Instagram. A palavra é considerada ofensiva pela comunidade negra.

Polêmica com Anitta

Polêmica aconteceu em transmissão ao vivo nesse domingo (19), na qual a artista brasileira se maquiava. Nas redes sociais, usuários condenaram a atitude, comentando que Anitta sempre fez “apropriação cultural”.

Niggas

De acordo com publicação do portal Istoé, a palavra é associada a supremacia branca, e foi criada nos Estados Unidos para se referir a pessoas negras como seres humanos inferiores.

O termo é tido como proibido nos EUA, pois muitos negros que teriam sido brutalmente agredidos e mortos eram chamados pela palavra. Para se referir a casos sobre o assunto, as pessoas utilizam “n word“, que significam a “palavra n”,

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.