BUSCAR
BUSCAR
Aniversário
Agora RN, cinco anos: escrevendo história, construindo o futuro
Há exatos cinco anos, o Grupo Agora RN surgia para produzir jornalismo de qualidade e plural para os potiguares, além de ser instrumento diário para a prestação de serviços à população
Redação
18/12/2020 | 05:52

Diante da maior crise sanitária do planeta, com a ascensão da Covid-19 — uma doença que desafia cientistas de todo o mundo ao longos dos últimos meses—, o jornalismo segue com o papel primordial de informar o público com qualidade e transparência.

Nestes tempos, o Agora RN foi testemunha de dramas familiares, analisou dados, reportou ações públicas de combate à Covid-19, acompanhou mesquinhas disputas políticas e também espera, dentro em breve, detalhar o sucesso de uma vacina capaz de devolver a normalidade para a população.

Fundado há apenas cinco anos como portal de notícias, o Grupo de Comunicação Agora RN segue como fiel escudeiro da imprensa profissional do Rio Grande do Norte. Apesar de todas as dificuldades enfrentadas ao longo da pandemia, o grupo jornalístico permanece informando diariamente os potiguares.

A versão impressa do Agora RN começou em 2016. A experiência foi a de um jornal semanal de 3 mil exemplares, pago em banca, que só consumia dinheiro sem dar nenhum retorno. Mas isso não foi suficiente para abalar a confiança no impresso, assim como outras iniciativas dele no campo editorial.

Pouco tempo passou e, em abril de 2017, foi inaugurada a versão diária do jornal, ainda na versão standard, como era no semanal. Nessa migração, eram apenas quatro páginas e 500 exemplares, que iam para as bancas no final da tarde. Depois, o impresso foi ganhando mais páginas e a circulação também cresceu. Alex Viana, diretor-presidente do Grupo Agora RN, enxergou adiante outras possibilidades para o jornal, como a distribuição gratuita como ferramenta para viabilizar o projeto.

Ele imaginava, primeiro, que o jornal seria um tabloide e já acompanhava de perto a experiência da gratuidade em alguns mercados do Brasil e da Europa. Afinal, o modelo de tabloide (metade de um jornal tradicional) gratuito encaixava-se totalmente na missão de facilitar a portabilidade e o compartilhamento do jornal entre mais de um leitor.

Alex Viana sabia que, ao abandonar as bancas e ganhar as ruas, o Agora RN ganharia também pernas próprias para andar comercialmente. E, contra muitas opiniões, foi o que ele fez.

A versão paga perdurou até o fim de 2017, quando finalmente foi implementado o formato gratuito. Essa mudança veio acompanhada de uma mudança no formato: passou a ser impresso em um formato menor, tipo revista, ficando assim por mais de um ano. Depois de pesquisar os modelos de jornais gratuitos no Brasil, Europa e Estados Unidos (e implementar a ideia aqui no Rio Grande do Norte), o jornalista Alex Viana, fundador do Grupo Agora RN, precisou cultivar muita paciência.

A gratuidade do jornal, a partir de uma distribuição militante nos sinais de trânsito, padarias, empresas e repartições públicas, começou com cinco mil exemplares diários, passando rapidamente para 10 mil. Paralelamente à consolidação do impresso, Alex estruturou a redação para trabalhar também sobre produtos novos, além do Agora RN que já estava nas ruas de Natal.

Grandes equipes de distribuição foram formadas, instalando na empresa a distribuição como apêndice importante de toda a operação editorial. Tanto que Alex criou uma diretoria própria para orientar essa operação tão vital para o negócio. Um dia, os telefones da redação começaram a tocar. Era o dono da oficina, o advogado, o médico, a cabelereira, o professor, o estudante querendo saber onde poderiam conseguir um exemplar, o que obrigou a empresa a disponibilizar, mediante uma taxa simbólica, a entrega em domicílio.

Multiproduto

O Agora RN é um multiproduto editorial a serviço, ao mesmo tempo, do público em geral e dos clientes, em particular, mantendo uma prestação de serviços à altura desses dois grupos de interesses distintos.
Mas os recursos humanos dentro da empresa foram passando por sucessivas adequações e ajustes até se criar uma cultura própria de trabalho que nunca deixa de se aperfeiçoar. Afinal, o Agora RN já adotara para si o desafio de ser o primeiro impresso de grande circulação na história do estado a ser distribuído gratuitamente.

“Nascemos pequenos e grandes ao mesmo tempo; e como grandes desafios implicam em responsabilidades equivalentes, os objetivos não são pequenos: avançar em breve para municípios polos como Mossoró, inclusive com redação e comercial próprios”, revela Viana.
Quem não conhece a estrutura de um veículo de comunicação nem imagina a complexidade da operação. “É administrar conflitos, cometer erros, redimir-se deles fazendo a coisa certa, até errar de novo para novamente acertar”, resume Alex Viana.

Conhecido âncora de um programa de rádio por anos, como ele mesmo costuma lembrar, nunca ganhou nada de graça.

Jornal gratuito

Tão logo o portal foi iniciado, com uma pequena e operosa equipe de profissionais, na primeira sede, no mesmo bairro de Petrópolis, Alex começa a alimentar a ideia do jornal impresso, mesmo diante de tantas experiências daqui e do exterior sinalizando que o caminho certo já era a internet e as redes sociais. De fato, embora essa visão estivesse correta, o jornalista sabia que a mídia impressa para a realidade local ainda seria por muitos anos um acessório importante dentro de um modelo que ele sabia ser vitorioso para o mercado local – a gratuidade.

O primeiro modelo jornal semanal, tamanho standard tradicional do Agora RN, pago em banca, circulou por seis meses, entre 2016 e 2017, antes que Alex reunisse seu time de jornalistas para anunciar mudanças. A partir daquele momento, o Agora seria diário, ainda com preço de capa. Ao final de 2017, o jornal passaria por outra mudança, está ainda mais significativa: renasceria com tamanho que dava a metade do anterior, e com 16 páginas, todas coloridas. Um tabloide inglês ao estilo potiguar.

Essa decisão praticamente coincidiu com a mudança da sede do jornal para um espaço muito maior, que acomodou com sobras a redação no primeiro andar, com a gerência geral, pessoal e redação. Nesse tempo, Alex se dividia entre sua mesa na redação e sua sala pessoal na administração de onde passou a dirigir quase tudo que era possível numa jornada de 15 horas diárias.

A concretização do modelo gratuito ganhou feições definitivas, como conhecemos atualmente, quando ele implantou uma impressora rotativa num grande galpão em Dix-Sept Rosado, na zona Oeste da cidade, depois de uma série de ajustes técnicos que incluiu, além de viagens a São Paulo, a contratação de uma equipe experiente para dar conta do recado da parte industrial.

A tiragem subiu para os 10 mil exemplares e atualmente está em 7,5 por causa da pandemia da Covid-19. Tudo gratuito em quatro cidades: Natal, Parnamirim, São Gonçalo de Amarante e Macaíba. E não era suficiente apenas ter essa. O jornal é auditado pelo IVC (Instituto Verificador de Circulação), que fiscaliza as tiragens dos grandes jornais e revistas brasileiros.

Cinco anos. Que venham mais

Mil oitocentos e vinte cinco dias. Esse é o período de tempo que a edição impressa do Agora RN convive com os potiguares, principalmente os natalenses, nestes cinco anos de existência.

Nem sempre foi um jornal diário, mas, quando engrenou nessa periodicidade, mudou a tradicional forma de um veículo de comunicação entrar nos lares dos norte-rio-grandenses. Em seu formato tablóide, o Agora RN, de cara, quebrou um poderoso paradigma: a do jornalão standard pago.

Distribuído em cruzamentos e pontos comerciais da cidade, esse novo jornal diário grátis completou admiravelmente o que a marca Agora RN já fazia na WEB com o seu portal e redes sociais – mostrar o que acontece no RN, em primeiro lugar.

E foi com jornalismo de qualidade, pautado no interesse público, que hoje somos uma mídia auxiliar essencial para o anunciante que precisa repassar sua mensagem para 20 mil leitores diariamente.

Com uma tiragem de 7.500 exemplares distribuídos religiosamente nas ruas e no comércio e entregue em casa para quem se dispuser a pagar uma pequena taxa de entrega, o Agora RN ousou acreditar no impresso como um nicho que ainda habitará entre nós por muitos anos.

Não com os números superlativos da marca Agora RN na internet e nas redes sociais, mas como uma grife para os formadores de opinião, estejam eles espalhados nas padarias, tomando o café da manhã; em consultórios médicos enquanto aguardam a consulta ou dentro dos ônibus, indo para o trabalho.

Os anunciantes já entenderam que essa força do Agora RN, amparada por um conteúdo original e cúmplice com a opinião pública, já marcou em tons indeléveis sua existência nesses cinco anos de muito trabalho.
Que venham, portanto, os próximos cinco anos.

Autoridades parabenizam o Agora RN

Fátima Bezerra, governadora do Rio Grande do Norte: “A comunicação é uma das principais ferramentas para o exercício da democracia de um país. E podermos comemorar os cinco anos do Agora RN é reconhecer o importante papel que esse veículo vem desempenhando para manter o espírito da informação vivo e livre! Desejo vida longa ao jornal e que o trabalho de seus profissionais seja sempre voltado para contribuir, cada vez mais, para uma sociedade mais justa e igualitária.”

Álvaro Dias, prefeito de Natal: “Agora RN faz 5 anos! Felicitamos o Agora RN e toda a sua equipe pelo quinto aniversário. Nesse período, o jornal se posicionou como um dos grandes representantes da imprensa potiguar, desempenhando um papel social importante ao bem informar a população. É responsabilidade da imprensa oferecer um noticiário sério e fiel aos fatos. Faço votos para que a história do Agora RN se prolongue seguindo esses princípios.”

Alexandre Othon, do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RN: “O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RN parabeniza o jornal Agora RN pelas comemorações dos seus cinco anos. É mais um veículo de comunicação no Estado que gera emprego para a categoria e leva a notícia diariamente para milhares de potiguares. A Comunicação Social tem um papel importante para a sociedade em informar a verdade e trazer assuntos importantes para o nosso cotidiano. Parabéns!”

José Ferreira de Melo Pinto, diretor superintendente do Sebrae-RN: “O jornal Agora RN está há cinco anos prestando valioso serviço á sociedade local, divulgando fatos importantes e mantendo-nos informados sobre os acontecimentos do nosso estado e do país. É um veículo de comunicação respeitado pela credibilidade que conquistou ao longo dessa jornada, que esperamos esteja só no começo. Desejamos vida longa ao Agora RN.”

Ezequiel Ferreira, presidente da Assembleia Legislativa do RN: “Estar atualizado com todas as informações do Rio Grande do Norte em apenas um veículo de comunicação. E agora. Assim, podemos descrever o Agora RN que celebra aniversário neste mês de dezembro e nós, que representamos o Legislativo do Rio Grande do Norte queremos parabenizar e ressaltar a importância do jornal para o nosso Estado. É através das linhas descritas no jornal Agora RN que lemos e recontamos as histórias. E que tenha vida longa.”

Afrânio Miranda, presidente da FCDL-RN: “Em nome da diretora da FCDL RN parabenizo o Agora RN pelos cinco anos de circulação. Ao longo de sua existência o jornal tem trabalhado de forma ética e responsável a notícia. Levado a informação para população, e em muitos casos, sido a nossa voz, ao noticiar fatos e posicionamentos ligados ao comércio e a economia do Rio Grande do Norte. Parabéns para a brava equipe do Agora RN. Vida Longa!”

Marcelo Queiroz, presidente da Fercomercio: “A imprensa livre e plural é um dos mais importantes instrumentos de uma sociedade democrática e próspera. O Agora RN, com seu trabalho sério e profissional é um baluarte do nosso estado que merece nossa reverência e nosso reconhecimento. Meus parabéns pelos cinco anos de um trabalho incansável em busca dos fatos.”

Eudo Rodrigues Leite, procurador-geral de Justiça: “Em nome do MPRN, instituição que historicamente é defensora da imprensa livre e conhecedora da importância do papel da imprensa na democracia brasileira, parabenizamos o Agora RN pela chegada ao seu quinto ano de atividade. Que essa data se repita inúmeras vezes.”

Poti Júnior, conselheiro e presidente do Tribunal de Contas do Estado: “Parabenizo o jornal Agora RN e todos os seus diretores, funcionários e colaboradores pelo aniversário de 5 anos. Em pouco tempo de vida, tornou-se um importante veículo de comunicação do Rio Grande do Norte, reunindo talentosos jornalistas em diferentes frentes de mídia: impressa, eletrônica e digital. Desejo ao grupo vida longa na honrosa luta diária em defesa da boa informação, numa época em que o combate às fakes news é de fundamental importância para manutenção da democracia e do bem estar social.”

José de Paiva Rebouças, diretor da Agência de Comunicação da UFRN: “As formas de comunicação vêm se modificando muito e exigem um novo olhar sobre o mundo. O Jornalismo, que sempre busca se adaptar às transformações, enfrenta duras batalhas para informar com clareza e rigor. Com tantas mudanças e ameaças, podemos dizer que um jornal que completa cinco anos em atividade ou é resistente ou inovador. Que o Agora RN se mantenha firme em defesa da notícia e sempre valorize seu protagonista principal que é o jornalista. Parabéns.”

José Lucena, presidente da CDL Natal: “O Agora RN tem sido uma importante fonte de informação. Sempre determinado a comunicar os fatos mais importantes do cotidiano para população. Presta um grande serviço social por meio da notícia. Nós que fazemos a CDL Natal reconhecemos o excelente trabalho desenvolvido pelos profissionais deste periódico e parabenizamos pelos 05 anos de atuação! Que possamos comemorar muitos outros aniversários.”

José Vieira, presidente do sistema Faern/Senar: “Parabenizarmos o Agora RN, que completa 5 anos de história construída com informação de credibilidade. Nós, que fazemos o Sistema Faern/Senar, agradecemos por levar diariamente aos leitores os melhores informes do setor Agro seja no impresso, na versão web ou nas redes sociais.”

Odemar Neto, presidente do Sinapro/RN e diretor da Execom Agência: “São 5 anos de Agora!!! O Agora é presente. O Agora é participativo. O Agora é dinâmico. O Agora é digital. O Agora é impresso.”

Paulinho Freire, presidente da Câmara Municipal de Natal: “É tempo de celebrar o talento de todos que fazem o Jornal Agora RN ao longo dos últimos 5 anos. Nesta data especial de aniversário, destaco a importância deste grande veículo de comunicação, que constrói uma trajetória calcada na responsabilidade e na credibilidade conquistada junto ao público natalense e potiguar”.

João Rebouças, desembargador e presidente do TJ-RN: “Parabenizo os jornalistas e demais profissionais que fazem o Jornal Agora RN pelo trabalho sério, que leva ao leitor informação e conteúdo de qualidade, contribuindo para a construção diária e necessária da democracia. A imprensa livre exerce papel fundamental na sustentabilidade da cidadania”.

Breno Schumaher, reitor da UnP: “A informação e a educação são, sem dúvidas, vetores de transformação dessa sociedade que estamos construindo juntos. Nós, da UnP, acreditamos que quando impactamos vidas, contribuímos para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte. Temos orgulho em ser fonte para histórias contadas nessas páginas estes cinco anos! Vida longa ao Agora RN!”

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.