BUSCAR
BUSCAR
Procura-se
Polícia Civil ainda procura por empresário suspeito de matar amigo em confraternização
Contra o empresário Ailton Berto da Silva já existe um mandado de prisão temporária, expedido pela Justiça potiguar
Redação
05/12/2019 | 08:54

A Polícia Civil ainda procura pelo empresário Ailton Berto da Silva, suspeito de matar o próprio amigo em uma confraternização de um clube de trilhas de veículos 4×4, no último sábado, 30 de novembro, na praia de Santa Rita, em Extremoz, na Grande Natal.

Contra Ailton Berto da Silva já existe um mandado de prisão temporária, expedido pela Justiça potiguar, decorrente de um pedido apresentado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Informações que possam colaborar com a prisão de Ailton devem ser enviadas para o Disque-Denúncia 181, com garantia de sigilo.

Na última terça-feira, 3, o carro do suspeito utilizado no dia do crime foi apreendido pela polícia em uma granja, em Extremoz.

O CASO

De acordo com as investigações, durante um desentendimento com participantes da festa, Ailton Berto sacou uma pistola e efetuou diversos disparos, atingindo Fantone Henry Figueira Maia, de 41 anos, e mais duas pessoas que estavam na confraternização. O motivo da discussão ainda não foi revelado.

A Polícia Civil confirmou que Ailton tem registro de posse de arma de fogo, fato que permite a manutenção da pistola apenas dentro de sua residência.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.