PMs praticavam extorsão e liberavam criminosos em troca de dinheiro ou objetos
Operação cumpriu 12 mandados de prisão durante esta terça-feira
Por Redação - Publicado em 29/09/2015 às 15:53

O Ministério Público Estadual apresentou, na tarde desta terça-feira (29), detalhes da Operação Novos Rumos, que resultou na prisão de 11 policiais militares. Um 12º envolvido, o soldado André Luiz da Silva Pereira, se entregou no início da tarde. De acordo com o MP, os policiais investigados praticavam extorsões e uma série de outros crimes.

Inclusive, os PMs, segundo o Ministério Público, tinham envolvimento com traficantes e chegavam a liberar criminosos ou fazer vistas grossas em troca de dinheiro ou outros objetos, como celulares, notebooks, perfumes, e até mesmo comida, como queijo.

De acordo com o promotor Jorge Tonel, da Procuradoria de Auditoria Militar, todos os policiais presos são do 9¤ Batalhão da Polícia Militar, responsável pelo policiamento na zona Oeste de Natal. Além da extorsão e envolvimento com traficantes de áreas como a Favela do Mosquito, os policiais também teriam envolvimento com jogos de azar.