BUSCAR
BUSCAR
Comemoração
TVU comemora 47 anos de existência com novidades em programação especial
Inaugurada em 1972, nesta última segunda-feira, 2, a TV Universitária do Rio Grande do Norte completou 47 anos no ar
Redação
03/12/2019 | 17:34

Nesta última segunda-feira, 2, a TV Universitária (TVU) do Rio Grande do Norte completou 47 anos de existência. Inaugurada em 1972, a emissora pública já foi casa de muitos servidores e alunos de comunicação. Este ano, em comemoração a seu aniversário, a TVU apresenta programação especial desde esta , e vai até sábado, 7, quando vai acontecer o lançamento do programa Ginga, ao vivo, no Parque das Dunas, das 12h às 14h. 

De acordo com a diretora da TVU e da Rádio Universitária, Mirian Moema, muitas novidades vão aparecer durante a semana de comemoração do aniversário da TVU. Dentro do primeiro dia de programação está a edição especial do programa Grandes Temas sobre o papel das televisões públicas. Da mesma forma, o TVU Notícias vai exibir, ao decorrer da semana, programas diários com matérias especiais sobre os 47 anos da emissora. 

Nesta terça-feira, 3, ocorre a estreia do programa especial de aniversário Bastidores da TVU RN, no qual profissionais contarão tudo sobre a rotina da emissora. Na quarta-feira, ao meio-dia, e no sábado, às 15h30, o programa será reprisado. 

Na quinta-feira, 5, é a vez dos profissionais Rodivan Barros e Fábio Izaias compartilharem suas histórias de profissão na TV com o apresentador Edmilson Lopes no Memória Viva Especial 47 anos. No dia seguinte, sexta-feira, vem o programa Olhar Independente relembrando produtos audiovisuais sobre a trajetória da TV Universitária.

Para encerrar a programação da semana, no sábado, 7, às 12h, ocorre a estreia do mais novo programa ao vivo da TVU RN, o Ginga. Com apresentação de Ednaldo Martins, o programa será uma roda de samba descontraída no Parque das Dunas. Mirian Moema revela, ainda, que a previsão é que Ginga continue mensalmente na programação da televisão. 

Segundo ela, para a produção de Ginga, a vontade de um programa cultural em comemoração aos 47 anos da TV se uniu com a ideia de um antigo programa da Rádio Universitária, resultando no lançamento que acontece neste sábado. “O Ednaldo Martins [apresentador do Ginga] já faz esse programa na rádio durante algum tempo, sob o nome de Roda de Samba. Então a gente pensou: ‘por que não trazer essa proposta cultural para a TV?’. Trabalhando, claro, com a linguagem da televisão e a questão da transmissão ao vivo”, afirma. 

HISTÓRIA PARA O ESTADO E PARA A VIDA DOS ESTUDANTES

Como uma forma de honrar todo o conteúdo produzido no decorrer da existência da TVU, ao longo dos intervalos da programação desta semana, vão ser transmitidos 18 VTs institucionais com trechos de antigas e significativas produções. O objetivo é reforçar a importância histórica da emissora. 

Assim, serão transmitidos alguns momentos como a transmissão do Memória Viva com Câmara Cascudo em 1978, Zila Mamede em 1982 e Paulo Freire em 1983; Matéria do jornal RN Notícia de 1976 sobre o lançamento do terceiro foguete da Barreira do Inferno; Reportagens de 1997 do TVU Esporte; Reportagem do TVU Notícias sobre a demolição do Estádio Machadão em 2011; o primeiro Olhar Independente em 2008; e reportagem do Por Dentro do Campus de 2006 sobre o início das inscrições via internet do vestibular da UFRN.

Além da importância na cobertura de fatos do estado, a TVU também tem grande contribuição na história acadêmica e profissional de seus estudantes. Allyne Paz, bolsista da produção da TVU RN, conta que a televisão é uma porta de entrada para alunos que, assim como ela, desejam ter contato com a experiência de mercado. “Para mim, é muito gratificante enquanto estudante de Jornalismo ter acesso a uma TV pública, pois sabemos que a partir desse espaço o conteúdo se torna mais democrático. Assim, conseguimos trazer um material mais plural, diversificado e inclusivo”, conta. 

Na TV Universitária, Allyne já teve a oportunidade de participar da produção do programa Peri – A voz da periferia, em 2018. Já em 2019, ela contribuiu com o programa Olhar Independente e atualmente tem focado na produção do Cena Potiguar. Ela é um exemplo entre diversos estudantes que constroem o início de sua carreira dentro da TV. Essa caminhada revela um pouco do impacto que a televisão pública vem tendo nas vidas de todos que passam por seus corredores nestes últimos 47 anos. 

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.