BUSCAR
BUSCAR
Cultura
Teatro Alberto Maranhão deverá ser reaberto ao público em 2019
Governo do Estado informou que a reforma deve durar quase um ano porque trata-se de uma obra que requer muito cuidado na execução
Redação
08/10/2018 | 08:28

O Teatro Alberto Maranhão, na Ribeira, zona Leste de Natal, deverá ser entregue à população no final do primeiro semestre de 2019. As obras de restauração do teatro iniciaram no mês de setembro e estão 3% concluídas. A previsão é que os serviços tenham duração de 10 meses.

As obras visam ao resgate de um dos mais importantes palcos da cultura e fortalecer o turismo no Rio Grande do Norte. O Governo do Estado investe quase R$ 7,7 milhões na obra, por meio de recursos do “Governo Cidadão”, a partir de acordo de empréstimo com o Banco Mundial.
A restauração abrange reforma nas estruturas elétrica, hidráulica e de acessibilidade, além de sistema de combate a incêndio, rede de esgoto, climatização e paisagismo. Ainda será feita a completa reestruturação do palco, camarins e do espaço mais nobre – a caixa cênica (palco, camarins e ribalta).

O Governo do Estado informou que a reforma deve durar quase um ano porque trata-se de uma obra que requer muito cuidado na execução, pelo fato de o Teatro Alberto Maranhão ser um patrimônio histórico, com elementos arquitetônicos que precisam ser preservados.
A gestão estadual disse ainda que vai tentar antecipar esse cronograma, já que os recursos estão disponíveis, reservados especificamente para esse objetivo, não possibilitando risco de paralisação.

O teatro está fechado desde julho de 2015, após o Corpo de Bombeiros emitir um laudo que apontou problemas na estrutura física, deficiência nas instalações elétrica e hidráulica, além da falta de sistema eficaz para emergência em casos de incêndios.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.