BUSCAR
BUSCAR
Intervenção
Secretaria Municipal de Saúde leva ação de saúde para presídio feminino
Em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, atividade foi realizada no Pavilhão Feminino do Complexo Penal Dr. João Chaves
Redação
19/07/2019 | 11:32

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promoveu, nesta quarta, 17, e quinta-feira, 18, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), ações de saúde no Pavilhão Feminino do Complexo Penal Dr. João Chaves.   

Lucélia Herculano dos Santos, responsável pela atenção básica do Distrito Sanitário Norte II esclarece que “o Distrito Sanitário Norte II cumpre esse papel de fazer o preventivo dessas mulheres privadas de liberdade duas vezes por ano, também fazemos algumas ações com testes rápidos aqui neste local, mas hoje está sendo a primeira vez que realizamos a ação em parceria com a UFRN”.   

A parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte surgiu a partir da tese de dissertação de mestrado do enfermeiro Anderson Brito. “Junto com a SMS e com o pessoal do Distrito Sanitário II nós sentimos a necessidade de fazer essa intervenção. Para iniciar os trabalhos, hoje cedo tivemos uma palestra em formato de conversa com os graduandos, pós-graduandos e as mulheres que estão sendo atendidas. lá inserimos todos os assuntos sobre prevenção e saúde, esclarecendo dúvida relacionadas à nossa ação. Desde este momento inicial foi notório a satisfação delas com a nossa visita”, destacou Anderson. 

A ação tem como objetivo atingir a totalidade de presidiárias do Pavilhão Feminino do Complexo Penal Dr. João Chaves – em torno de 120 mulheres. “O intuito é cuidar da saúde destas mulheres, adaptar nosso atendimento dentro um processo de ressocialização e fazer o diagnóstico precoce do câncer do útero bem como a realização dos testes rápidos para conferir como está a saúde de cada uma. É notável um nível grande de aprovação, elas conversam bastante sobre saúde e prevenção e saem aparentemente bem satisfeitas”, frisou Lucélia. 

A agente de segurança prisional Celine Lima trabalha no Pavilhão Feminino do Complexo Penal Dr. João Chaves há quase dois anos e concorda que ações assim são relevantes. “Atualmente, temos três internas que foram detectadas com aids graças à uma ação como esta que foi realizada pela Secretaria Municipal de Saúde. Com isso, foi possível oferecer o tratamento adequado para a estas internas”. 

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.