BUSCAR
BUSCAR
Prestação de contas
Prefeitura de Natal quita R$ 6,4 milhões em débitos do serviço de limpeza
Houve também o pagamento de R$ 1,6 milhão para a Braseco, que é a responsável pela administração do Aterro Sanitário de Ceará-Mirim, na região metropolitana de Natal
Redação
16/12/2019 | 16:23

A Prefeitura do Natal efetuou o pagamento, nesta segunda-feira, 16, de R$ 6,4 milhões às empresas que prestam serviços de limpeza da capital potiguar.

Foram pagos R$ 2,8 milhões para Marquise Serviços Ambientais e R$ 1,9 milhão para Vital Engenharia. As duas empresas prestam o serviço de coleta de lixo domiciliar. Além disso, também houve o pagamento de R$ 1,6 milhão para a Braseco, que é a responsável pela administração do Aterro Sanitário de Ceará-Mirim, na região metropolitana de Natal.

Apesar do pagamento mensal, há localidades na cidade, como a Praça Aristófanes Fernandes, popularmente conhecida como Praça das Flores, no bairro de Petrópolis, Zona Leste de Natal, que está com acumulo de lixo em seu entorno.

De acordo com o Diretor de Planejamento e Gestão Ambiental da URBANA, Glauber Nobrega, a coleta de lixo na região está regularizada, com o recolhimento dos resíduos todas as terças-feiras e quintas-feiras. “O lixo que está ali é de estabelecimentos comerciais, que tem uma alta demanda (de produção) no fim de semana e, por isso, tem um grande descarte de lixo”, justificou.

Ainda de acordo com o diretor, pelo fato da praça ficar em uma via importante, como a Hermes da Fonseca, há o recolhimento de lixo diariamente.

Quanto aos pagamentos, ele informou que se trata do “pagamento mensal referente ao serviço de limpeza prestado ao município”.

No fim da tarde, o lixo que estava na localidade foi recolhido.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.