BUSCAR
BUSCAR
Obra
Passagem inferior de viaduto da avenida Maria Lacerda é liberada para o tráfego
Obra faz parte de um conjunto de obras que tem como objetivo resolver o problema de fluxo da BR-101 na Grande Natal e transformar a via em uma rodovia federal mais atrativa para os motoristas
Redação
29/09/2018 | 12:08

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) liberou, na manhã deste sábado, 29, o acesso da passagem inferior do viaduto de acesso à avenida Maria Lacerda, realizada pelo  na BR-101, em Nova Parnamirim. O trânsito foi liberado às 10h.

Na última sexta-feira, 28, o Dnit havia liberado o trecho para tráfego, em forma de teste, mas ainda havia ajustes a serem tomados, como a pintura de sinalizações na pista.

O viaduto faz parte de um conjunto de obras que tem como objetivo resolver o problema de fluxo da BR-101 na Grande Natal e transformar a via em uma rodovia federal mais atrativa para os motoristas. A última entrega realizada pelo Dnit foi o viaduto de acesso à avenida Abel Cabral, que aconteceu no mês de junho do ano em curso. Inicialmente, a entrega da passagem da Maria Lacerda estava prevista para o mês de julho, mas em decorrência das chuvas, a liberação do trecho foi adiada duas vezes.

No total, serão cinco viadutos, duas passagens inferiores, dois túneis de drenagem, 46 abrigos de ônibus, um prolongamento de túnel e 21 km de vias marginais e cinco passarelas. Até agora, já foram entregues uma passagem inferior, quatro viadutos, uma passarela e um túnel de drenagem.

De acordo com o Dnit, após a conclusão das obras, o trânsito ganhará fluidez e a estimativa é de que a velocidade média seja de 80km/h na pista principal. Já as marginais terão em média 60km/h.  Ainda segundo o órgão, a capacidade do tráfego deve aumentar de 12 mil veículos por faixa para 20 mil veículos diariamente.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.