BUSCAR
BUSCAR
Coluna
Notas e informes: Sisu, finalmente
Redação
29/01/2020 | 00:33

O Ministério da Educação (MEC) divulgou na noite de ontem, após a liberação do Superior Tribunal de Justiça (STJ), a lista dos aprovados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Apesar da proibição judicial, o ministério confirmou que uma lista que “não representava o resultado oficial” ficou disponível e pode ser visualizada por alguns candidatos “por alguns minutos” na manhã de ontem. Os candidatos às 237 mil vagas podem acessar os resultados oficiais no portal oficial do sistema. Também foram abertas nesta terça à noite as inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni).

INSS I

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, anunciou nesta terça-feira (28) uma nova estratégia para tentar reduzir a fila de espera por benefícios do INSS e que vai editar uma Medida Provisória em até uma semana para permitir a contratação de servidores aposentados.

INSS II

Marinho anunciou também que o presidente do INSS, Renato Vieira, pediu demissão do cargo. Ele será substituído pelo atual secretário de Previdência, Leonardo Rolim.

Cuba

A vereadora de Natal Divaneide Basílio (PT) está em Cuba, onde cumpre agenda a convite do MST. No país caribenho, a parlamentar vai conhecer experiências administrativas que considera exitosas nas áreas de educação, saúde e agricultura urbana e familiar. Algumas ideias, ela pretende trazer para Natal.

Parnamirim I

O advogado Iran Padilha, pré-candidato a prefeito de Parnamirim, ingressou com uma ação na Justiça para que o prefeito da cidade, Rosano Taveira, explique a quem se referiu ao dizer que ganhou adversários políticos por não atender a “pedidos irregulares” e por supostamente ter cortado “privilégios” de ex-aliados.

Parnamirim II

O processo foi distribuído para a 2ª Vara Cível de Parnamirim, da Justiça do Rio Grande do Norte. Na petição, Iran Padilha afirma que, por ser opositor de Taveira, se sentiu ofendido com as declarações.

Parnamirim III

Segundo Padilha, as afirmações de Taveira, caso não sejam esclarecidas, prejudicam sua honra nos âmbitos pessoal e profissional. Ele nega ter feito qualquer pedido ilícito ao chefe do Executivo Municipal. À Justiça, o advogado pede que o prefeito de Parnamirim seja intimado a nominar quem teria lhe feito pedidos irregulares, “para que não ocorra uma generalização de acusação de conduta ilegal a todos os seus opositores, como foi feito no caso”.

Parnamirim IV

A petição sugere, ainda, que Taveira cometeu o crime de prevaricação caso tenha recebido pedidos irregulares e não tenha denunciado o ato às autoridades competentes.

Fernando e Avante

O pré-candidato a prefeito de Natal Fernando Freitas (PCdoB) iniciou um diálogo com o Avante. Ontem, o pré-candidato foi visto na sede do partido, em Natal.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.