BUSCAR
BUSCAR
Tecnologia
ITEP-RN começa a usar biometria para identificação de pessoas
O programa Public Safety faz comparação de impressão digital completa ou parcial
Redação
22/07/2019 | 13:39

Na última semana, a equipe de peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep/RN) começou a testar nova tecnologia de biometria empregada pelo órgão.

Um caso foi solucionado quando as impressões digitais de um homem, encontradas na carroceria de um automóvel, permitiram a identificação do suspeito acusado de assaltos no bairro de Candelária e também de tentar assaltar um policial militar. Durante uma troca de tiros, um suspeito morreu baleado e outros dois conseguiram fugir.

Graças ao trabalho de escaneamento das impressões digitais contidas nos prontuários do RG Civil, o Estado possui um dos mais amplos e atualizados bancos de dados do país, com as informações disponíveis com exclusividade para a Secretaria de Segurança Pública.

“Este caso foi bem emblemático, porque foi encontrada uma impressão digital no carro e jogada no banco de dados, que automaticamente apontou um suspeito. Antes desse sistema, a gente precisava ter uma indicação de um suspeito, para coletar as digitais e depois fazer a comparação. Isso é fantástico até para a investigação policial, porque demanda muito menos trabalho para achar um suspeito”, explica Marcos José Brandão, diretor do Itep/RN.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.