BUSCAR
BUSCAR
Fiscalização
IPEM-RN inspeciona mais de 50 radares em 13 municípios
Fiscalização foi realizada entre 10 a 20 de março
Redação
01/04/2020 | 14:07

Foram verificados 59 medidores de velocidade em treze municípios do Rio Grande do Norte, durante o período de 10 a 20 de março, a fiscalização, realizada pelas equipes do Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (IPEM/RN), visa verificar o funcionamento dos radares em conformidade com as especificações regulamentadas pelo Inmetro.

Os radares aferidos estão localizados em trechos das rodovias – BR-101 em Natal, Parnamirim, Extremoz, São Gonçalo do Amarante, Canguaretama e Goianinha; BR-226 em Natal, Macaíba, Currais Novos e Tangará; BR-304 em Mossoró e Itajá; BR-405 em Mossoró e Pau dos Ferros; BR-406 em São Gonçalo do Amarante e João Câmara e BR-110 em Mossoró.

“A verificação é anual e de suma importância para a segurança no trânsito, pois os radares delimitam o limite máximo de velocidade que poderá ser atingido por um veículo em determinada via pública. A avaliação dos medidores de velocidade deve ser solicitada pelas empresas ou órgãos administradores dos radares antes do vencimento da verificação anterior”, afirma Theodorico Bezerra Netto, diretor geral do IPEM/RN.

A verificação periódica é realizada com cinco passagens sobre a faixa do medidor com um veículo especial, equipado com um cronotacômetro, que compara a velocidade fornecida pelo radar eletrônico com a do veículo onde está instalado o equipamento.

“O IPEM faz a verificação inicial, quando o medidores de velocidade são instalados, e após isso ela passa ser anual e obrigatória. Após cada inspeção, os medidores ficam lacrados até a próxima verificação, isso garante que continuem funcionando corretamente e apresentem registros válidos e confiáveis para os motoristas”, explica o diretor.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.