BUSCAR
BUSCAR
Adeus
Delegado-Geral da Polícia Civil da Paraíba prestou homenagem a Maurílio Pinto
Delegado-Geral da Polícia Civil da Paraíba, João Alves Albuquerque esteve presente ao ato e prestou sua última homenagem ao 'Xerife'
Redação
21/05/2018 | 13:59

Durante o sepultamento do delegado aposentado Maurílio Pinto, que aconteceu na tarde deste domingo, 20, em Natal, o Delegado-Geral da Polícia Civil da Paraíba, João Alves Albuquerque esteve presente ao ato e prestou sua última homenagem.

“Conheço doutor Maurílio de muito tempo, fui Delegado-Geral na Paraíba de 1995 a 2002, fui delegado regional no interior e já naquele tempo, consegui contato com o doutor Maurílio. Hoje, estou exercendo novamente o cargo de Delegado-Geral da Polícia Civil da Paraíba e vim aqui, nesta condição, trazer a solidariedade da nossa Instituição ao doutor Maurílio Pinto de Medeiros, cidadão exemplar, amigo incondicional, homem de bem, homem de coragem e decisão”, disse.

“Todos os Estados do Nordeste precisaram e contaram com a assistência e a colaboração de doutor Maurílio no combate à criminalidade, um cidadão que não tinha hora. Toda hora que alguém ligava para ele, para a casa dele, para o trabalho dele e até mesmo para o celular dele, ele atendia, dava sugestões de como resolver as situações ou ligava para alguém que pudesse resolver. Ele tinha muitos informações que a gente precisava, Maurílio era uma referência de policial, de delegado de polícia no Brasil inteiro. Doutor Maurílio foi muito importante para a criação da Associação de Delegados de Polícia (Adepol), tanto local, como em nível regional. Durante os encontros de delegado que nós organizávamos, todos sempre perguntavam: ‘Doutor Maurílio vai?, Se Doutor Maurílio for, eu vou’, ou seja, a presença de dele nas reuniões, era motivo para que houvesse quórum nos encontros”.

“Então, eu não podia deixar de comparecer, a esse velório e enterro trazendo a solidariedade da PC Paraíba. Não poderia silenciar em dizer aqui o que o doutor Maurílio fez e o quanto ele foi importante para a Segurança Pública do Nordeste. E agora, se fôssemos aqui descrever todas as qualidades do doutor Maurílio, nós amanheceríamos o dia aqui e ainda não conseguiríamos. Portanto, meus senhores, uma salva de palmas para o doutor Maurílio”, finalizou o delegado.

Maurílio Pinto faleceu no último sábado, 19, aos 76 anos, por complicações de diabetes.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.