BUSCAR
BUSCAR
Consequência
Com estoque limitado de alimentos, Onofre Lopes suspende novas internações
Hospital da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, está com estoque de alimentos limitado apenas para pacientes já internados na unidade e suspende novas internações
Redação
29/05/2018 | 16:36

A greve dos caminhoneiros em todo o país vem afetando o abastecimento em muitos hospitais. No Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), novas cirurgias eletivas e internações foram suspensas.

A razão, de acordo com a assessoria do HUOL, é o estoque limitado de alimentos, que não são suficientes para servir novos pacientes. Já os acompanhantes também tiveram a alimentação suspensa, para que os internados possam ser priorizados.

Segundo a assessoria não há previsão para a normalização das atividades, uma vez que o Hospital depende da volta da atividade dos caminhoneiros. A assessoria também informou que não estão faltando medicamentos ou nenhum material necessário no tratamento dos pacientes.

Após o Governo anunciar medidas para redução do valor do diesel, as paralisações dos caminhoneiros continuaram. Nesta terça-feira, completam nove dias de greve. Cerca de 20 estados estão notificando impacto no abastecimento nas Centrais de Abastecimento (CEASA). Tocantins já está com o estoque zerado, enquanto Pernambuco e Minas Gerais notificam estado crítico. No Rio Grande do Norte, 70% dos produtos são oriundos de outros estados, e por isso os estoques estão em seu limite.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.