BUSCAR
BUSCAR
Modernidade
Cemure disponibiliza cursos de novas tecnologias para professores municipais
Setor de tecnologia e desenvolvimento pessoal, por meio do Núcleo de Tecnologia Educacional, por exemplo, promove cursos durante todo o ano para melhorar a relação dos educadores com as novas tecnologias dentro de sala de aula
Redação
31/05/2019 | 09:28

Nos dias atuais, os jovens estão cada vez mais conectados à internet e o mundo virtual parece mais interessante do que a sala de aula. Diante disso, os professores têm cada vez mais desafios, como o de atrair a atenção de alunos conectados às redes. Por isso, a Secretaria Municipal de Educação possui projetos para ajudar os professores a lidar com essa nova geração de estudantes. Os cursos são desenvolvidos no Centro Municipal de Referência em Educação (Cemure).

O setor de tecnologia e desenvolvimento pessoal, por meio do Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE), por exemplo, promove cursos durante todo o ano para melhorar a relação dos educadores com as novas tecnologias dentro de sala de aula. Segundo o chefe do Setor, Mailson Corcino de Barros, o objetivo é formar professores para utilizar os recursos tecnológicos como ferramenta pedagógica, além de disponibilizar cursos de informática básica para funcionários: “Nós temos cursos de informática básica para a inclusão digital de funcionários, e outros voltados para a sala de aula, que atendem os professores da rede”, explicou, enfatizando que estão com 20 turmas no geral que funcionam nos três turnos.

Com o objetivo de apresentar os jogos aos professores para que eles possam usá-los em sala de aula, a Gameterapia é outro curso oferecido, que funciona em dois módulos: o básico e o intermediário. No primeiro, os jogos são apresentados, e, em seguida, faz-se um planejamento de como seria interessante aplicá-lo em sala de aula. Já no segundo, os professores aprendem a fazer os próprios jogos para aplicar em sala, sendo eles analógicos (jogos de tabuleiro) ou digital, explica a professora do curso, Eudesia Carvalho. “O gameterapia básico dá a motivação para que eles conheçam os jogos, para que, no intermediário, de posse de todas essas informações e habilidades, construam o próprio jogo”.

Já no curso educação 4.0, ministrado por Carlos Henrique de Lima, os professores utilizam a plataforma de ensino à distância GOCONqr (pronunciado ‘gou conquer’, vem das palavras inglesas ‘Go’ (Ir) e ‘Conquer’ (Conquistar), que estão relacionadas com crescimento, conquista e realização pessoal) para desenvolverem aplicações como MAPA MENTAL, FLASH CARDS, SLIDES, NOTAS e QUIZ. A plataforma GOCONqr tem aproximadamente cinco milhões de usuários por todo o mundo e hoje dispõe de conteúdos para todas as áreas do conhecimento. Funciona como uma grande rede social, em que o usuário encontra conteúdos do ensino básico ao ensino superior, proporcionando, ainda, a pesquisa de conteúdos prontos para concursos públicos.

“De posse destas ferramentas, o professor poderá envolver os alunos em um tema central, acolhendo-os em ambientes diversos, para que os mesmos possam sugerir a ferramenta e os aplicativos que desejam utilizar para o desenvolvimento dos seus projetos”, explica o professor Carlos.

Já o curso de Fotografia Digital, ministrado pela professora Elisete Arantes, é um dos mais procurados pelos professores. Ele possui duas modalidades: a básica e a avançada. Na primeira, é trabalhado um pouco da história da fotografia, a linguagem da fotografia e, a partir disso, a fotografia de celular. Essa modalidade também trabalha a questão de como lidar com o celular na escola, tirando proveito dos conteúdos. Já na modalidade avançada, os alunos aprendem as técnicas em câmeras fotográficas.

A lousa digital já utilizada em todas as escolas da rede municipal, mas alguns professores ainda possuem dificuldades para manuseá-la. Pensando nisso, o NTE disponibiliza também aulas de manuseio. Além de ensinar como utilizar a lousa pedagogicamente, são disponibilizadas até mesmo visitas para esclarecer as dúvidas que possam surgir. “Nós abordamos a parte pedagógica, mas também apoiamos a parte técnica”, explica o professor Audimar Duarte, responsável por ministrar as aulas do curso para manuseio da lousa.

INSCRIÇÕES

Os cursos são feitas semestralmente. Os do primeiro semestre já estão ocorrendo, mas as inscrições para o segundo serão abertas no mês de junho, ainda sem datas definidas. Mais informações através do telefone 3301-0684 ou presencialmente no Cemure, localizado na Av. Coronel Estevam 3705, bairro Nazaré.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.