BUSCAR
BUSCAR
Despesa com pessoal
Ajuste nas contas gera economia de R$ 30 milhões por ano em Parnamirim
Após controle das finanças, prefeito Rosano Taveira anuncia investimentos nas áreas de pavimentação ruas, saneamento e expansão do VLT e prepara concurso com 850 vagas
Redação
15/02/2019 | 14:01

O prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira, informou que o Município superou as expectativas e conseguiu cortar, após a adoção de uma série de medidas de contenção de gastos, quase R$ 2,5 milhões por mês de sua despesa com pessoal, o que representa cerca de R$ 30 milhões em um ano. Em um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) assinado no fim de 2017 com o Ministério Público de Contas, o prefeito havia se comprometido a enxugar, até abril de 2019, aproximadamente R$ 1,6 milhão por mês (R$ 19,2 milhões/ano).

Para baixar a despesa com funcionalismo, entre outras medidas, foram eliminados 20% dos cargos comissionados, houve duas reformas administrativas e foi instituído um plano para estimular servidores a pedirem exoneração. Segundo Taveira, 78 servidores que ingressaram no serviço público sem concurso e que estavam perto de se aposentar pediram desligamento voluntário, em troca de um bônus financeiro. “Teve funcionário que recebeu R$ 102 mil, que pagamos em duas parcelas”, registrou o prefeito nesta sexta-feira, 15, em entrevista ao programa Manhã Agora, da Agora FM (97,9).

Taveira ressaltou que nenhum funcionário foi ou será demitido à revelia. A intenção do plano de estímulo à demissão, de acordo com o prefeito, era evitar que Parnamirim fosse alvo de determinações judiciais – como aconteceu na Uern – que obrigassem o Município a exonerar esse grupo de servidores, já que a Prefeitura tinha uma despesa com pessoa acima dos limites permitidos pela lei.

Após o que classificou como “arrumação da casa”, virão investimentos em diversas áreas, destacou o prefeito. Um dos principais focos será a realização de obras de pavimentação. “Todas as ruas que estiverem sem pavimentação, nós vamos calçar, asfaltar ou fazer recapeamento”, assinalou Taveira.

Entre as regiões da cidade que vão receber os benefícios, está principalmente Cajupiranga, loteamento antigo que experimentou forte crescimento populacional na última década. Taveira disse que a Prefeitura de Parnamirim deve pavimentar no bairro pelo menos 18 ruas, situadas nos conjuntos Caminho do Atlântico e Sonho Verde. Além de Cajupiranga, as obras devem chegar ao Parque Industrial, no bairro de Emaús; a Cotovelo, no litoral, que também está ganhando uma escadaria-modelo em padrão holandês; e à região da Coophab, no Parque das Nações, onde haverá a pavimentação da avenida Brasil.

O prefeito destacou, ainda na entrevista à Agora FM, que serão investidos cerca de R$ 11 milhões em pavimentação asfáltica. O destaque fica para Nova Esperança, onde serão asfaltadas as ruas Antônia de Lima Paiva, lateral do campus do IFRN por completo, e Rosa Fernandes da Silva, que passa em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e leva até o conjunto Bosque das Colinas, já na divisa com o município de São José de Mipibu. Essas obras devem começar em até um mês.

Diversas regiões de Parnamirim também estão recebendo nova iluminação. Segundo Taveira, foram contratados R$ 10,9 milhões em lâmpadas de LED, que iluminam melhor e são mais econômicas. “Pela quantidade de lâmpadas que já instalamos, já tivemos uma economia de R$ 87 mil por mês, que estamos revertendo para pagar o LED que está sendo instalado”, pontuou.

SANEAMENTO E VLT
Obra herdada da gestão do ex-prefeito Maurício Marques, o saneamento básico de Parnamirim deve ser concluído em até quatro anos, segundo o prefeito. Ele disse que já foram instalados mais de 150 quilômetros de tubulação e que a Estação de Tratamento de Esgotos de Passagem de Areia, que vai receber os efluentes da região central da cidade, está 50% finalizada.

“A previsão é que, em agosto, a Caern já esteja com a estação funcionando. A ideia é colocar logo o coração do saneamento para funcionar”, destacou Rosano Taveira, acrescentando que as tubulações estão sendo instaladas atualmente em Nova Parnamirim, no Parque Industrial e no Centro.

A Prefeitura também executa as obras de ampliação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Taveira disse que espera entregar a obra até o final do seu mandato, em 2020.

Atualmente, o VLT só chega até o Centro de Parnamirim, em uma estação que fica em uma região pertencente à Aeronáutica. O projeto que o Município executa contempla o deslocamento dessa estação para a frente do portão do Setor Oeste da Base Aérea de Natal e a construção de outras duas – uma no Boa Esperança e outra em Cajupiranga.

“Conseguimos uma verba de R$ 7,5 milhões junto ao Ministério das Cidades e, para minha surpresa, foi tudo muito rápido. Juntamente com o pessoal da CBTU, já iniciamos as obras da primeira estação, no portão da ‘Base Oeste’. Vai ser tirada de dentro da Base para a área do portão dela. Isso vai facilitar a integração com todo o sistema de transporte. A previsão é de entregarmos [a primeira estação] em junho ou junho. Ao todo, com as três estações, serão atendidas 60 mil pessoas”, frisou o prefeito.

CONCURSO PÚBLICO E PLANO DE CARGOS
O prefeito de Parnamirim também afirmou que, até o final do mês, deve ser publicado edital para um concurso público com 850 vagas. Haverá oportunidades, segundo Taveira, para as áreas de saúde, assistência social, Procuradoria Geral do Município e Guarda Municipal, criada em 2018.

Para a saúde, o prefeito também assegurou que 50% dos compromissos firmados no plano de cargos e carreiras da categoria devem começar a serem pagos em julho de 2019, concluindo a outra metade em janeiro de 2020. “E aí já entro em discussão com o plano geral dos funcionários da Prefeitura. Temos que fazer cronometrado para poder pagar. Não adianta dar salário e não pagar”, finalizou.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.