BUSCAR
BUSCAR
Campanha
Ação do Dia Nacional de Combate à Sífilis será realizada neste sábado em Natal
Neste sábado, 20, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Natal estará no Shopping Cidade Jardim, das 9h às 13h, promovendo uma ação de conscientização
Redação
18/10/2018 | 14:44

Instituído em março de 2017, pela Lei n° 13.430, o Dia Nacional de Combate à Sífilis é celebrado no terceiro sábado do mês de outubro. Neste sábado, 20, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Natal estará no Shopping Cidade Jardim, das 9h às 13h, promovendo uma ação de conscientização onde serão distribuídos materiais educativos, preservativos masculino e feminino, além da realização do teste rápido para o diagnóstico precoce da doença.

O número crescente de casos de sífilis representa um desafio para a saúde pública e torna a prevenção desse agravo prioridade. A sífilis quando não tratada precocemente, pode evoluir para uma enfermidade crônica com sequelas irreversíveis em longo prazo.

A sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) causada pela bactéria Treponema pallidum, e os principais tipos são: adquirida, congênita e gestacional. Inicialmente se manifesta como uma ferida na região genital, indolor, não arde e não coça, desparecendo após certo período. Quando retorna, já na fase secundária, se apresenta comumente com manchas escuras nas palmas das mãos e nas plantas dos pés, podendo também estar presente no corpo todo. Se não tratada, a sífilis evolui para a fase terciária, caracterizada por comprometimento das articulações, do sistema nervoso central e do coração, podendo causar cegueira, perda da audição e a morte.

O Brasil vive uma epidemia de sífilis e, em Natal, o registro de casos subiram em número significativo em 2017, quando foram registrados 873 casos de sífilis adquiridas, sendo 122 de sífilis em gestantes e 273 de sífilis congênita que, apesar de um agravo totalmente evitável, ainda permanece como um problema de saúde pública. O diagnóstico e tratamento adequado da sífilis em gestantes durante o pré-natal são pontos fundamentais para a prevenção da transmissão vertical.

“É necessário que a população esteja informada sobre o que é a sífilis, sua forma de transmissão e, principalmente, sua prevenção. Estamos vivendo um momento de epidemia, precisamos de estratégias para reverter o número de casos que têm aumentado. Nosso trabalho é divulgar o máximo possível o tema da sífilis para a população”, explica Emilly Miranda, responsável técnica do Núcleo Municipal de IST/AIDS e hepatites virais.

O uso do preservativo em todas as relações sexuais é o método mais eficaz para evitar a transmissão da sífilis e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis. Por se tratar de uma doença que passa por períodos silenciosos, sem presença de sintomas, a realização do teste rápido é de extrema importância. A sífilis é uma doença de fácil diagnóstico e tem cura. O exame e o tratamento são gratuitos, oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Procure a unidade de saúde mais próxima para fazer o teste de forma rápida e segura.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.