BUSCAR
BUSCAR
Vendas
Leilões da Festa do Boi já movimentaram quase meio milhão de reais em dois dias
Tradicional de cavalos quarto-de-milha, que acontece nesta terça-feira, deve gerar mais de R$ 1,5 milhão em negócios
Redação
16/10/2018 | 09:53

As vendas de animais pelo maior lance são um espetáculo à parte dentro da Festa do Boi.

No último fim de semana – sábado e domingo, 13 e 14, respectivamente – os leilões da Nuleite e da Emparn comercializaram 72 lotes, levantando R$ 445 mil em negócios.

Os destaques foram bovinos da raça Guzerá vendidos individualmente no leilão da Emparn por R$ 13.200,00.

No mesmo evento, uma vaca da raça Pardo Suíço foi arrematada por Lauro Maia, um tradicional criador paraibano de Catolé do Rocha, cuja família está na atividade há 150 anos.

Segundo o leiloeiro rural oficial do RN, Eduardo Melo, 70% dos compradores nos leilões este ano são de criadores potiguares e os 30% restantes espalhados pelos demais estados nordestinos.

Há 30 anos no ramo, dos 12 leilões que promove anualmente, seis estão na Festa do Boi. “Muito pouco ainda para se viver só disso”, comenta o leiloeiro.

Ainda de acordo com o leiloeiro, em média, cada lote vendido nos leilões tanto do Nuleite como da Emparn saiu por R$ 6.105,00 e os destaques financeiros por pouco mais de o dobro disso.

Os grandes lances, porém, estão reservados para a noite desta terça-feira, 16, quando acontece o leilão da ANQM (Associação Nacional dos Criadores de Cavalos Quarto-de-Milha) quando 52 lotes são vendidos com uma expectativa de levantar até R$ 1,8 milhão em lances.

“Nesse leilões da ANQM, um único exemplar pode sair por até R$ 2 milhões”, diz Eduardo Melo.

Nesta quarta-feira, 17, o espetáculo dos lances continua com o 3º Leilão Nelore Montana Potiguar; na quinta, 18, com o Leilão Sindi Estrelas e sexta-feira, 19 com Leilão Pérolas do Nordeste e Grande Leilão Boer e Convidados de Ovinos, no Espaço da Associação Norteriograndense de Caprinos e Ovinos (Ancoc).

Ao todo, somente nesses eventos, estima-se que sejam movimentados alguma coisa entre R$ 4,5 milhões e R$ 5 milhões em negócios.

Até a sexta 19, já aconteceram e ainda serão realizados outros tradicionais julgamentos, incluindo as raças de bovinos (Pardo-Suíço, Sindi, Gir, Nelore, Gir, Girolando, Guzerá; Ovinos (Santa Inês, Dorper, White Dorper, Somalis, Soinga, Morada Nova e Cariri) e Caprinos (Boer, Anglo-Nubiana, Saanen, Toggenburg, Alpina, Bhujj, Savana e Kalarari).

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.