BUSCAR
BUSCAR
Movimentação
Inframerica anuncia 201 voos extras para Aeroporto de Natal em julho
Expectativa com redução da alíquota do ICMS sobre o Querosene de Aviação promovida pelo Governo do Rio Grande do Norte é que entrem no 2º semestre, novos voos como consequência do benefício
Redação
01/07/2019 | 11:45

A Inframerica, administradora do Aeroporto de Natal, anunciou 201 voos extras de um total de 1.536 pousos e decolagens para o período de julho. De acordo com a companhia, a expectativa é um fluxo de cerca de 220 mil passageiros.

Os destinos mais procurados são: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, Fortaleza e Belo Horizonte. A expectativa com redução da alíquota do ICMS sobre o Querosene de Aviação promovida pelo Governo do Rio Grande do Norte é que entrem no 2º semestre, novos voos como consequência do benefício.

Para quem for viajar, a Inframerica recomenda que os passageiros cheguem com pelo menos 1h30 de antecedência para voos nacionais e 2h para internacionais. Além disso, para agilizar o andamento dos processos na fila de raio-x, o passageiro deve retirar todos os objetos metálicos que estiver carregando – cintos, relógios, chaves, moedas e celulares. Tablets e laptops também devem ser retirados de malas e mochilas e depositados nas caixas plásticas.

Alguns itens são proibidos na bagagem de mão, como objetos cortantes ou perfurantes, líquidos e inflamáveis. Para evitar o descarte dos objetos no canal de inspeção, ele deve ser transportado em sua bagagem despachada. Outra dica importante é sobre a quantidade, volume e peso de bagagens de mão. Confirme com a sua companhia aérea as regras para não precisar despachar a bagagem quando estiver embarcando. Este processo pode atrasar o voo.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.