BUSCAR
BUSCAR
Investimento
Em 2019, Banco do Nordeste projeta R$ 300 milhões em financiamentos para o RN
Até maio, segundo o Banco do Nordeste, já foram contratados R$ 122 milhões. No mesmo período, 1.200 empresas do Estado foram atendidas
Redação
29/06/2019 | 09:33

O Banco do Nordeste projeta para 2019 superar a R$ 300 milhões em financiamentos no Rio Grande do Norte. Até maio, já foram contratados R$ 122 milhões. No mesmo período, 1.200 empresas do Estado foram atendidas.

Em 2018, foram R$ 265 milhões contratados junto ao banco, com um valor médio de R$ 71 mil por contrato, e 2.169 empresas atendidas. Os números foram apresentados pelo Superintendente do Banco do Nordeste (BNB/RN), Jorge Bagdêve, durante a reunião de Diretoria da FIERN, nesta sexta-feira 28, na Casa da Indústria.

O apoio à indústria potiguar é um dos principais focos da instituição, para 2019, segundo o superintendente, que destacou que o setor responde por “a maior demanda de crédito das micro e pequenas empresas, nos últimos anos, em capital de giro”, além de linhas para construções, reformas, aquisições de máquinas equipamentos ou veículos.

Durante a reunião, ele apresentou condições, inclusive a FNE Sol – destinada a mini e micro geração de energia solar fotovoltaica -, e ouviu dos empresários e diretores da FIERN presentes, sugestões para melhorar o acesso ao crédito.

O presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales de Araújo destacou a importância da instituição no financiamento de empreendimentos e setores importantes da economia do Estado. Além disso, durante a reunião, abordou a urgência da aprovação da reforma Tributária que, juntamente com a da Previdência, são consideradas para a retomada do crescimento da economia.

A reforma tributária deve ser, lembra o presidente, a segunda entre as reformas necessárias a tramitar, com alcance que vai beneficiar o governo, com o aumento da arrecadação, o empresariado, que terá redução do custo Brasil de produção, e a população que poderá ter mercadorias com preços mais acessíveis.

O presidente destacou ainda a importância do debate do Plano Diretor de Natal e da instalação da Comissão de Negociação dos débitos originários de exercícios anteriores do Governo com fornecedores, entre outros temas. “A FIERN estará presente nas principais discussões para a retomada da economia, em todos os níveis, municipal, estadual e nacional”, disse.

Ainda durante o evento, a gerente de Unidade de Economia e Estatística da FIERN, Sandra Barbosa Cavalcanti, fez uma explanação sobre o PIB e a evolução do emprego e do Rio Grande do Norte. O saldo na indústria de janeiro a maio deste ano é negativo (-1.646), segundo dados do Caged. O número de desocupados chega a 209 mil e, no Brasil, a 13,3 milhões de pessoas.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.