BUSCAR
BUSCAR
Crise
Com baixa demanda, construção civil volta a registrar queda no RN
Em uma escala que varia de 0 a 100, em que valores acima de 50 pontos indicam aumento do nível de atividade e abaixo disso indicam queda, atividade registrou 42,7 pontos em março
Redação
27/04/2019 | 09:27

A atividade da construção civil no Rio Grande do Norte registrou queda em março e ficou abaixo do padrão usual para o período, tendência que se repete ininterruptamente desde outubro de 2013. É o que aponta a Sondagem Indústria da Construção, elaborada pela Federação das Indústrias (Fiern), divulgada nesta sexta-feira, 26.

Acompanhando o desempenho negativo da atividade, o número de empregados no setor também caiu. O nível médio de Utilização da Capacidade de Operação (UCO), por sua vez, atingiu 46%, situando-se no patamar médio dos últimos quatro meses.

Em uma escala que varia de 0 a 100, em que valores acima de 50 pontos indicam aumento do nível de atividade e abaixo disso indicam queda, a atividade da construção civil em março registrou 42,7 pontos.

No primeiro trimestre de 2019, tanto a margem de lucro operacional como a situação financeira das empresas foram avaliadas como insatisfatórias pelos empresários, o acesso ao crédito foi considerado difícil, e os preços médios das matérias-primas percebidos como mais elevados.

Entre os cinco problemas mais citados no primeiro trimestre de 2019, a demanda interna insuficiente permaneceu no topo do ranking – pelo terceiro trimestre consecutivo -, seguindo-se elevada carga tributária, inadimplência dos clientes, altas taxas de juros e falta de capital de giro.

As expectativas dos empresários em relação ao desempenho da atividade, das compras de matérias-primas e do número de empregados nos próximos seis meses se reverteram em abril, uma vez que os respectivos indicadores caíram abaixo dos 50 pontos.

Por outro lado, as perspectivas com relação à evolução futura dos novos empreendimentos e serviços, seguem positivas, mas menos otimistas do que no levantamento anterior. A intenção de investimento também voltou a cair.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.