BUSCAR
BUSCAR
Coronavírus
Juíza intima Ministério da Saúde a trocar diretoria do Hospital do Rio de Janeiro e cita ‘omissão’
'Sequer foi realizada uma compra de teste de Covid', critica a juíza. TV Globo denunciou que há leitos ociosos na unidade, enquanto pacientes agonizam em fila por UTI no estado
G1
02/05/2020 | 15:46

A juíza federal Carmen Silvia Lima Arruda intimou o Ministério da Saúde a destituir a direção do Hospital Federal de Bonsucesso e disse que o hospital está sendo “omisso” durante a pandemia.

Na última audiência, na quinta-feira (30), ela cobrou a abertura dos leitos de seis hospitais federais da cidade do Rio, que já havia sido determinada e não foi cumprida.

O Jornal Nacional denunciou que há leitos fechados em Bonsucesso. O hospital prometeu 177 leitos, mas só 18 estava ocupados até quinta-feira (30). São salas e salas com leitos vazios e com respiradores. Enquanto isso, pacientes agonizam à espera de internação adequada.

Muito exaltada durante a audiência, a magistrada exemplificou o que considerou omissão da diretoria durante o combate ao novo coronavírus.

“Sequer foi realizada uma compra de teste de Covid”, criticou.

No documento, a juíza também intima o Comandante do Comando Militar do Leste a apresentar relatório, em 24 horas, sobre os insumos e demais itens necessários para abertura do hospitais de campanha e com o cronograma detalhado.

A magistrada ainda determina, que diante da negligência da Direção do Hospital de Bonsucesso na elaboração de Plano de Contingência, e considerando a informação da Secretaria Municipal de Saúde de que há 1.000 pacientes em fila aguardando leito para transferência, que o Ministério da Saúde esclareça:

“Como a Adminstração do Hospital Federal de Bonsucesso deve proceder em relação aos equipamentos ociosos do Hospital, em especial em relação aos 30 leitos prontos e 14 respiradores de standby”.

A equipe de reportagem entrou em contato com o Ministério da Saúde e aguarda resposta.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.