BUSCAR
BUSCAR
Ocupação
Detentos de SP vão produzir máscaras de proteção contra o coronavírus
Serão produzidas 320 mil máscaras, sendo 26 mil por dia, ao custo de R$ 0,80 cada uma para o governo
Redação
24/03/2020 | 16:24

O governador de São Paulo, João Doria, disse nesta terça-feira (24) que os detentos do estado vão produzir, a partir desta quarte-feira (25) máscaras descartáveis não cirúrgicas de proteção contra o novo coronavírus. Segundo ele, serão produzidas 320 mil máscaras nas fábricas adaptadas especialmente para isso, sendo 26 mil por dia, ao custo de R$ 0,80 cada uma para o governo. Essas máscaras, segundo o estado, serão comercializadas a preço de custo.

Outra medida anunciada por Doria é a antecipação de abertura do Hospital de Caraguatatuba. Segundo o governador, a unidade vai começar a funcionar no dia 30 de março, com a primeira etapa de abertura que envolve o funcionamento das unidades de terapia intensiva. O investimento neste hospital é de R$ 188 milhões.

Doria anunciou ainda que a Delegacia Eletrônica, sistema da Polícia Civil que registra ocorrências policiais na internet, a partir de amanhã vai registrar a quase totalidade de ocorrências policiais, que antes eram feitas só presencialmente. Com isso, será possível acessar o site www.delegaciaeletronica.policiacivil.sp.gov.br para registrar ocorrências envolvendo ameaças, estelionato, roubo ou furto e crimes contra o consumidor. As exceções são para casos que dependem de coleta imediata de provas, como homicídio, estupro, latrocínio e violência doméstica. 

Outro anúncio feito pelo governador é que as concessionárias de energia elétrica não vão cobrar o pagamento das contas de luz dos consumidores mais pobres do estado de São Paulo. Também não será feito o corte de luz até o dia 30 de julho.

Casos em São Paulo

O secretário de Saúde de São Paulo, José Henrique Germann, informou que o estado diagnosticou 745 pessoas com covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, e 30 óbitos. Um deles foi de um paciente que tinha 33 anos, com várias comorbidades. Há ainda 70 pessoas internadas em unidades de terapia intensiva.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.