BUSCAR
BUSCAR
Declaração
VÍDEO: Bolsonaro chama Lula de “ladrão” e imita a voz do petista
Presidente criticou declaração do adversário, que, recentemente, tem defendido que o governo volte a pagar R$ 600 de auxílio à população
Metrópoles
28/05/2021 | 08:00

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) imitou a voz do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais, nesta quinta-feira 27. Na ocasião, ele ainda voltou a chamar o petista de “ladrão”.

O mandatário do país voltou a criticar uma declaração de Lula defendendo o auxílio emergencial de R$ 600 para todos os beneficiários. Atualmente, o valor médio do benefício é R$ 250, mas pode variar de R$ 150 a R$ 375, a depender da composição de cada família.

“Eu estou vendo um candidato, um ladrão, um cara ladrão — não vou falar aqui o nome dele –, falando que vai dar R$ 600 quando ele for presidente”, disse Bolsonaro, finalizando a sentença imitando a voz do adversário político.

“Detalhe: o ano passado, nós gastamos com auxílio emergencial mais do que oito anos do governo dele. […] Por que não deu lá atrás, já que era pouco?”, prosseguiu o presidente, fazendo referência ao programa Bolsa Família.

Veja a imitação:

http://

Outras críticas

Essa não é a primeira vez que Bolsonaro faz críticas ao petista. Há cerca de duas semanas, em tom semelhante, chamou Lula de “ladrão de nove dedos”.

Também na época, o presidente chamou o adversário político de “filho do capeta” e afirmou que, se Lula voltar a ser presidente do país, “nunca mais vai sair”.

“A canalhada da esquerda continua a mesma coisa. […] E uma turma ainda quer votar nesse filho do capeta aí. Olha, se esse cara voltar, nunca mais vai sair. Escreve aí”, disse Bolsonaro.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.