BUSCAR
BUSCAR
Reviravolta
Reitor temporário do IFRN segue no cargo após decisão do TRF5
Presidente Jair Bolsonaro suspendeu a nomeação de José Arnóbio para reitor do Instituto Federal do Rio Grande do Norte nesta quarta-feira (6)
Redação
07/05/2020 | 05:00

O presidente Jair Bolsonaro suspendeu a nomeação do professor José Arnóbio para reitor do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), em decreto publicado nesta quarta-feira (6).

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região cassou no final da tarde desta quarta (6) a liminar que pedia o afastamento do reitor pro-tempore Josué de Oliveira Moreira e determinava a nomeação de José Arnóbio, primeiro lugar da lista tríplice promovida em 2019.

O desembargador federal da 1ª Turma do TRF5 Elio Wanderley de Siqueira Filho suspendeu os efeitos da decisão liminar até o julgamento do recurso de agravo de instrumento ajuizado pela Advocacia Geral da União.

Com isso, a reitoria segue com Josué de Oliveira Moreira, professor que não participou das eleições para o cargo.

No dia 17 de abril, o Ministério da Educação (MEC) nomeou o s Josué de Oliveira Moreira como reitor pro tempore do IFRN. O reitor nomeado pelo MEC não participou das eleições para o cargo, que apontaram como vencedor. Ele disputou o cargo com Wyllys Abel Farkatt Tabosa, José Ribeiro de Souza Filho e Ambrósio Silva de Araújo. O professor José Arnóbio ficou com a maioria dos votos (48,25%).

No entanto, o MEC não promoveu José Arnóbio ao cargo. A alegação é de que ele responde a um Processo Administrativo Disciplinar (PAD)>

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.