BUSCAR
BUSCAR
Ferramenta
Prontuário eletrônico agiliza atendimentos em São Gonçalo do Amarante
Ao buscar atendimento em uma Unidade Básica de Saúde (UBS), desde o último dia 19 de outubro, o serviço dá acesso aos dados do paciente de forma rápida. Custo para informatizar todo o sistema foi de R$ 1,7 milhões. O que inclui a compra de 250 computadores, além de mobília, tvs, instalação e aquisição de diversos equipamentos nas unidades
Redação
26/10/2020 | 10:33

A pandemia do novo coronavírus acelerou os processos de modernização dos serviços públicos de saúde. A necessidade de manter isolamento social, de reduzir tempo gasto nos processos de atendimento e, por fim, de garantir uma maior comodidade para a população fizeram com que o município de São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Natal, adotasse serviço de prontuário eletrônico para democratizar o acesso à saúde de qualidade.

Batizado de sistema e-SUS AB, o Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC), além de agilizar o atendimento público à população, permite a criação de uma base de dados com informações integrais, analíticas e consolidadas sobre as ações de saúde. Isso auxilia os gestores da saúde na tomada de decisões relacionadas com algum tipo de demanda sanitária na cidade.

Ao buscar atendimento em uma Unidade Básica de Saúde (UBS), desde o último dia 19 de outubro, o serviço dá acesso aos dados do paciente de forma rápida. O prontuário eletrônico facilita o trabalho dos profissionais, melhorando a comunicação entre as unidades de saúde e dando acesso imediato ao histórico clínico, exames, diagnósticos e tratamentos já realizados pelo paciente.

Por conta dos impedimentos relacionados com a Covid-19, o sistema também é útil para impedir aglomerações nas unidades de saúde, evitando possíveis contágios cruzados. “Conseguimos monitorar os atendimentos em tempo real, acelerando a tomada de decisões, ou seja, reduzimos as aglomerações”, justifica o secretário de Saúde de São Gonçalo do Amarante, Jalmir Simões.

O serviço é gerenciado por um software que armazena todas as informações clínicas e administrativas dos pacientes. Os dados são armazenados pela Unidade Básica de Saúde (UBS) responsável pelo atendimento primário. O próprio sistema organiza todo o fluxo de atendimento, bem como permite que as informações sejam utilizadas para as atividades das equipes de atenção básica do município, o que gera uma aproximação entre o paciente e o sistema público de saúde.

Segundo o secretário Jalmir Simões, o sistema diminui o tempo de atendimento e dá maior efetividade no cuidado à saúde. Além disso, corta custos, pois dispensa o uso dos antiquados prontuários de papel. E, ainda, automatiza o envio de informações da cidade para o Ministério da Saúde, o que garante um canal de comunicação mais próximo com o governo federal.

“Conseguimos também diminuir as filas em função de maior disponibilidade dos serviços, pois com o prontuário eletrônico o histórico do paciente se torna eletrônico agilizando sua consulta”, ressalta.

A próxima etapa do programa de modernização do sistema de atendimento à população de São Gonçalo do Amarante será o uso de um aplicativo de agendamento dos serviços de saúde por celular. Atualmente, o município está capacitando equipes de atenção básica.

 “Com o aplicativo cidadão o paciente vai conseguir agendar a sua consulta na Unidade Básicas de Saúde sem a necessidade de ir ao posto de saúde durante a madrugada pegar ficha”, explicou Jalmir Simões.

INFORMATIZAÇÃO DAS UBS

Ainda segundo Jalmir Simões, o município terá um controle mais próximo das atividades desenvolvidas pelas unidades de saúde, o que vai facilitar na ações para manutenção das ações providas ao público. A falta de materiais de atendimento, a escassez de medicamentos e a ausência de médicos e demais profissionais serão resolvidos com maior rapidez pelos gestores públicos.

“O prontuário rodando a gestão consegue monitorar e cobrar em tempo real os indicadores que o Ministério da Saúde preconiza que sejam atendidos. Com isso, o trabalho de prevenção aumenta e consequentemente diminuímos os problemas de média e alta complexidade”, reforça.

As atividades são registradas através do prontuário eletrônico, por meio de relatórios gerenciais, ou ainda, de forma mais consolidada no Sistema de Informação em Saúde para Atenção Básica (SISAB), por meio dos relatórios de saúde, e também é transmitido para a base de dados nacional.

O serviço eletrônico começou a ser implantado nas unidades de saúde em agosto. No mês seguinte, os servidores da saúde foram capacitados para utilizar as funcionalidades. Desde o último dia 19, com todas as estruturas conectadas com o serviço de internet, o atendimento ao público passou a ser adotado.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de São Gonçalo do Amarante, todas as 30 Unidades Básicas de Saúde, os quatro centros médicos, além do Centro Municipal de Pediatria estão com o prontuário eletrônico em pleno funcionamento. As estruturas também contam com serviço de internet para encaminhar dados — em tempo real — para a Secretaria Municipal de São Gonçalo do Amarante.

O custo para informatizar todo o sistema foi de R$ 1,7 milhões. O que inclui a compra de 250 computadores, além de mobília, tvs, instalação e aquisição de diversos equipamentos nas unidades de saúde.

COMO FUNCIONA?

O Prontuário Eletrônico do Cidadão é um software (aplicativo) criado para registrar e guardar todas as informações dos atendimentos aos cidadãos nas Unidades Básicas de Saúde. Ele armazena detalhes da consulta e do diagnóstico, como os medicamentos prescritos, os procedimentos realizados, o resultado de exames e a evolução do paciente.

A ferramenta auxilia o atendimento, inclusive o encaminhamento para serviços especializados, e reduz custos, porque evita, por exemplo, a duplicidade de exames e a retirada indevida de produtos nas farmácias. Também é uma maneira de controlar e fiscalizar os procedimentos realizados no SUS.

PLANEJAMENTO

Além de informatizar os atendimentos, essa ferramenta tecnológica também gera dados para facilitar o planejamento da secretaria de saúde.

FUNCIONALIDADES

O sistema tem módulo integrado ao Cartão Nacional de Saúde. É possível organizar a agenda dos profissionais da AB, organizando e orientando o fluxo de atendimento às demandas agendadas e espontâneas do cidadão, bem como fazer o registro do seu atendimento ou orientando a resolução da necessidade do cidadão da melhor forma possível.

OUTROS SERVIÇOS

Algumas funcionalidades em destaque do PEC são o odontograma digital, integrado ao registro de atendimento, que permite fazer o acompanhamento da saúde bucal dos cidadãos, as fichas para acompanhamento de gestantes e crianças até 5 anos, além de integração com a plataforma para consulta da disponibilidade de medicamentos durante a prescrição.

A plataforma eletrônica facilita o acesso à informação de cada cidadão de forma individual ou coletiva, nela é possível acompanhar o histórico de eventos de saúde, mesmo os realizados através de fichas (Coleta de Dados Simplificada – CDS). O profissional da UBS tem acesso ao sistema por meio de computador ou tablet utilizando um navegador de internet.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]m.br
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.