BUSCAR
BUSCAR
Ação
Polícia Civil deflagra operação e prende 10 suspeitos de integrarem facção criminosa no RN
Na cidade de São José de Mipibu, primeiro ponto da ação, foram detidas quatro pessoas, entre estas: Erinaldo Graciano de Souza, conhecido como "Mago Vieira", identificado como um dos fundadores da organização
Redação
18/02/2021 | 13:29

A Polícia Civil prendeu 10 pessoas suspeitas de integrarem organização criminosa no estado nesta quarta-feira, 17. Na ação foram apreendidas uma pistola calibre .380, uma pistola 6.35 e uma pistola calibre .380. A operação foi coordenada pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), em ação conjunta com policiais civis da Delegacia Municipal de Assú e do Grupamento de Operações com Cães (GPOC).

Na cidade de São José de Mipibu, primeiro ponto da ação, foram detidas quatro pessoas, entre estas: Erinaldo Graciano de Souza, conhecido como “Mago Vieira”, identificado como um dos fundadores da organização e possuía quatro mandados de prisão em aberto. Com ele, foram encontrados: uma pistola calibre .380, dois carregadores, 24 munições intactas, além de documento falso, balança de precisão e drogas.

Ainda na granja pertencente a Erinaldo Graciano, foi detido em flagrante Heberth Rinaldo Costa de Carvalho, conhecido como “Grandão ou Pezão”. Com ele, foram apreendidos dois tabletes grandes de maconha, porções de cocaína, balança de precisão, uma pistola 6.35, uma pistola calibre .380, com dois carregadores e 20 munições intactas, balaclava e várias anotações correspondentes à venda de drogas.

Além de Heberth Rinaldo, foram presos na granja: a sua esposa, Jaqueline de Araújo Rodrigues, e Marcus Antônio Bezerra Neto, integrante da organização criminosa que atua em todo Estado. As diligências aconteceram também na cidade de Assú, no Oeste do Estado, em uma segunda fase da ação.

Nessa fase, foram detidos por meio de mandado de prisão: Aldejackson Gonzaga Nascimento, Nicolas Rodrigues Alves e Carlos Antonio da Cruz. Foram cumpridos ainda mandados em desfavor de Carlos Alexandre Martins Salviano, conhecido como “Nem da Abolição”, Jhonatas Felipe Pereira, conhecido como “pão com ovo” e Thiago Marques de Araújo, conhecido como “Nino”, os quais já se encontravam no sistema prisional.

Fernanda Belarmino da Silva, esposa de Carlos Alexandre, conhecido como “Nem da Abolição”, ainda está foragida. A Polícia Civil pede para que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do disque denúncia 181, ou dos números da DEICOR: (84) 3232-2862 ou (84) 98135-6796 (Whatsapp).

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.