BUSCAR
BUSCAR
Levantamento
Perda de arrecadação no RN pode chegar a R$ 666 milhões até o fim do ano, aponta TCE
Estado perdeu, até julho, R$ 570,3 milhões em arrecadação. Apesar disso, RN teve um aumento de 1,57% nas receitas, em razão dos repasses realizados pelo governo federal
Redação
08/09/2020 | 11:27

A crise da atividade econômica gerada pela pandemia do novo coronavírus já começou a ser sentida na arrecadação do Rio Grande do Norte e pode piorar ainda este ano. De acordo com um levantamento feito pela equipe técnica do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a perda de arrecadação pode chegar a R$ 666 milhões até o fim de 2020.

O levantamento, que analisou as finanças do RN nos sete primeiros meses do ano, apontou que o Estado perdeu, até julho, R$ 570,3 milhões em arrecadação por conta da pandemia, quando comparado ao ano passado. A perda é relacionada, principalmente, à arrecadação de ICMS e aos repasses do Fundo de Participação dos Estados.

Apesar da queda na arrecadação, o Estado teve um aumento de 1,57% nas receitas, em razão dos repasses realizados pelo governo federal. O RN recebeu R$ 495,3 milhões de repasse extraordinário, relativo ao Projeto de Lei Complementar 39/2020 – um pacote de ajuda aos estados da Federação durante a pandemia.

Além disso, as transferências destinadas à saúde tiveram um acréscimo de R$ 126,7 milhões no período, em relação aos valores do ano passado, o que significa um aumento de 84%.

Projeções

O levantamento também indica uma projeção de possíveis cenários para a evolução das receitas até o fim do ano. Tendo em vista o comportamento das receitas após a retomada gradual da atividade econômica, os auditores desenharam 3 cenários possíveis: numa perspectiva otimista, as receitas voltam ao patamar de 2019, o que traria ao fim do ano uma diminuição de R$ 181 milhões em relação a 2019.

Em uma perspectiva moderada, a retomada mantém o mesmo nível observado em julho deste ano, ocasionando ao fim do ano uma diminuição de R$ 435 milhões. Por fim, numa perspectiva pessimista, caso haja um novo aumento na disseminação do vírus, e novas medidas de restrição sejam necessárias, a queda pode alcançar R$ 666 milhões até o fim do ano.

Confira o boletim por completo no site.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.