BUSCAR
BUSCAR
Lançamento
Pedro Rhuas lança música “Noites de Natal” em clima festivo e nostálgico
Single será lançado nesta sexta-feira 11 e promete uma atmosfera aconchegante para o mês mais afetuoso do ano
Nathallya Macedo
10/12/2020 | 06:30

O clima natalino invadiu o coração do cantor e compositor potiguar Pedro Rhuas. O sentimento foi traduzido em palavras na nova música do artista, que será lançada no início da madrugada desta sexta-feira 11 em todas as plataformas digitais. Produzida por DogMan e com harmonias de Matevos, a faixa “Noites de Natal” promete uma atmosfera aconchegante para o mês mais afetuoso do ano. A música chega como acalento para os corações afetados por uma pandemia que ainda assola o mundo.

Com letra nostálgica, Pedro relembra as noites de Natal que fizeram parte de uma infância feliz e iluminada pela inocência que fez parte da essência dele quando criança – sentimento esse que segue vivo no cotidiano do artista. 

Pedro rhuas lança música “noites de natal” em clima festivo e nostálgico
Capa do single “Noites de Natal”, de Pedro Rhuas. Foto: Divulgação

“O Natal sempre foi um período importante para mim. Eu gosto da magia, dessa ideia de sorrisos escancarados para estranhos na rua, de pequenas gentilezas. Era uma fantasia minha lançar uma música natalina, e fico muito feliz de estar conseguindo fazer isso em 2020. Foi um ano duro, de bastante aprendizagens e, apesar da quarentena, de muita ação também. Mas, se consegui realizar meus sonhos, é porque alguém os sonhou em primeiro lugar. Isso devo ao meu pequeno eu sonhador, o Pedro que amava os Natais e fazia seus pedidos às estrelas. A música é dedicada para essa criança, que só queria ser amada por ser quem era”, contou o jovem ao Agora RN.

Pedro relatou que o processo de composição fez com que ele se reconectasse com a criança que ele foi. “Tudo começou quando ouvi uma versão de ‘Hark! The Herald Angels Sing’ em piano. Me apaixonei pela beleza da melodia e uma primeira frase surgiu: ‘quando eu era criança, nas noites de Natal, fazia pedidos às estrelas’. O restante acabou nascendo daí. Enviei a música para DogMan, que fez um sample do clássico, hoje em domínio público, e começou a construir o beat. Mantive uma fotografia da minha infância por perto e tentei conversar comigo. Afinal, a criança interior é muito importante. Ela pode nos auxiliar em vários processos de cura, se estivermos dispostos a ouvi-la e amá-la como merece. Com ‘Noites de Natal’ eu queria justamente propor um espaço de escuta não apenas para mim, mas com quem quer que se sinta tocado pela canção”. 

“Confesso que adoro acompanhar os natalinos lá de fora, a maioria autorais, e sentia falta de um toque disso aqui no Brasil. É o motivo pelo qual quis tanto experimentar com ‘Noites de Natal’. Quis criar uma música que dialogasse com adultos e crianças, que soasse atemporal. Para a criança, o contato com o eu-adulto que será, assegurando-a de dias melhores. Para o adulto, o contato com o eu-criança que já foi, revisitando seus sonhos e medos, e aprendendo a partir deles. Acho que a melhor parte de uma festividade como o Natal é isso: tocar sentimentos e emoções que estão apenas à espera de serem desvendados”, pontuou.

Esse é o quinto lançamento autoral do músico em 2020. Ele começou o ano com “Enquanto eu não te encontro”, e depois passou por “Máquina do Tempo”. Também lançou uma colaboração com Tiago Terras na faixa “Tocando o Coração” e, recentemente, experimentou o inglês no single “Left Behind”.

Pedro tem 24 anos, nasceu em Mossoró e foi criado entre várias cidades entre o Rio Grande do Norte e o Ceará. Os pais de Pedro são artistas de rua e participam de um movimento de cultura popular que leva entretenimento para as pequenas cidades do interior há mais de 30 anos. A suspeita é de que a veia artística venha da família. “Cresci com personalidades fortes, o que me ajudou a entender minha própria identidade e a reconhecer minha voz como artista e pessoa que faz parte da comunidade LGBTQIA+”, relembrou.

Além de cantor e compositor, o jovem é escritor. Ele lançou, de maneira independente, o livro intitulado “Enquanto eu não te encontro”. O processo de escrita começou em 2016, de forma espontânea, e terminou com a publicação no dia 19 de março. Na obra, Pedro deu voz para narrativas jovens e homoafetivas, mostrando de maneira bela a jornada do personagem Lucas.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.