BUSCAR
BUSCAR
Eleições 2020
“Onde não há cultura, a violência vira espetáculo”, diz Toinho Silveira
Artista e colunista social pretende ser eleito vereador em Natal para promover a cultura como agente gerador de emprego e renda. Entre as propostas dele, está parceria entre cultura e turismo para criação de roteiros de viagens. Candidato defende também idosos e animais
Redação
05/11/2020 | 05:12

Toinho Silveira é um nome conhecido na sociedade natalense por ser um agente promotor da arte e cultura na capital. O artista e colunista social, que trabalha há 45 anos no meio, recebeu o pedido do seu pai, pouco antes de morrer, em 2018, para que se candidatasse a vereador de Natal.

“Tudo que eu construí foi em função do meu trabalho. A minha raiz, história e pensamento sempre foram voltados para a cultura. Confesso que nunca pensei em ser representante político, mas quando meu pai, que foi seis vezes vereador de Mossoró, me pediu para representar os interesses coletivos das pessoas, não tive como recusar”, comenta.

Ao analisar seu legado até então, Toinho, que também é jornalista, notou que sua contribuição para a sociedade pode alcançar mais pessoas caso seja eleito nas eleições municipais de 2020. Ele percebeu, então, que estava diante de um chamado.

“Sei da minha responsabilidade na coletividade política, pois o homem é um ser político. Eu tenho muitas ideias e muitos sonhos como artista e produtor cultural. Como vereador, terei a oportunidade de concretizar tais desejos e beneficiar a população”, revela.

Concorrendo pelo PSB, o candidato a vereador, que conta apenas com recursos próprios e de amigos para realizar a campanha, pretender investir nas parcerias público-privadas para potencializar segmentos importantes do setor cultural e, por efeito, gerar emprego e renda.

“Precisamos investir para expandir nosso mercado. O artesanato, por exemplo, precisa ser tratado como negócio e não apenas como atividade lúdica, já que ele é muito rico e tem, inclusive, demanda internacional. Quero que as pessoas que trabalham com essa arte sejam treinadas por instituições como o Sebrae para aumentarem a sua visão empreendedora”, diz.

Toinho, responsável pela criação da primeira galeria do interior do Estado, quer, se eleito, construir quatro cooperativas de capacitação e produção de artesanato – uma em cada zona da cidade – para estimular a economia criativa e movimentar o dinheiro nos bairros.

“Natal tem muita gente desempregada, precisando de renda. Essas pessoas podem fazer parte das cooperativas e terem seu próprio dinheiro. Precisamos parar de vender o turismo de Natal como, somente, sol e mar. Precisamos mostrar também a nossa cultura”, analisa.

O candidato sugere, dessa forma, uma parceria entre o setor cultural e o setor turístico para criação de roteiros de viagens com apresentações artísticas e culturais, “porque o setor de turismo tem dinheiro. Precisamos, então, migrar parte desses recursos para cultura, pois onde não há cultura, a violência vira espetáculo”.

Toinho, que levou a cultura potiguar para feiras em diversos países, como Itália e Alemanha, deseja que os natalenses também aproveitem o que a cidade produz, pois “nossos cidadãos precisam se orgulhar da arte e cultura feita em Natal”.

Para tanto, ele deseja revitalizar as esculturas que existem na capital, a exemplo da estátua de bronze de Augusto Severo, na praça de nome homônimo, que foi inaugurada em 1913.

Cuidado com os idosos

Toinho Silveira tem diversas contribuições à população natalense, entre elas, o tradicional jantar de Natal para 700 idosos. O evento gratuito, organizado pelo artista há 19 anos, proporciona buffet, doação de cestas básicas e muita alegria por meio de música ao vivo.

“O meu Natal é com os idosos. Eu amo e me sinto bem. Por isso, se eleito, eu vou lutar por construir Centros de Atendimento aos Idosos (CAI), em cada região de Natal, para que eles possam ter acesso gratuito e de qualidade à academia, pilates e pronto-socorro”, afirma.

Além disso, o candidato quer melhorar a acessibilidade para idosos nas calçadas e no transporte público da capital, pois é “muito triste ver como essas pessoas, tão especiais e queridas, são tratadas dentro dos ônibus e paradas”.

Causa animal

Com sete gatos em casa, pássaros e plantas, Toinho sabe quanto é caro criar pets. Para incentivar a adoção de animais domésticos e proporcionar melhores condições para eles e seus tutores, o candidato a vereador garante que a cobrança pela execução da lei referente ao hospital público veterinário será uma de suas prioridades.
Toinho quer, também, modernizar o veículo de trabalho dos carroceiros, substituindo os animais, que sofrem com os maus-tratos, por carroças movidas por bicicletas e triciclos. “Além de tirar os animais dessas situações de risco, poderemos utilizar a própria estrutura da carroça para fazer divulgações”, destaca ao citar o busdoor como exemplo a ser seguido neste caso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.