BUSCAR
BUSCAR
Audiovisual
Nova temporada de “Plano de Abandono” estreia neste domingo 29
Impulsionados pelos dias de isolamento social, René Loui e Mainá Santana criaram uma minissérie para mostrar experiências pessoais através da dança
Redação
25/11/2020 | 06:03

A minissérie “Plano de Abandono”, criada por Mainá Santana e René Loui, com colaboração de Arthur Moura e Willy Helm, foi pensada a partir da ideia de desenvolver uma série de dança que invente narrativas e novas versões da vida dos artistas, a partir de reflexões sobre seus cotidianos nos dias de quarentena causada pela pandemia da Covid-19.

“Com o impacto do vírus, tivemos que descobrir como fazer dança sem a presença das pessoas, dentro de casa. Trouxemos então a perspectiva de dois corpos negros reinventando movimentos, ângulos e espaços”, contou René ao Agora RN.

A primeira temporada da minissérie foi selecionada por um edital do Itaú Cultural e a exibição do episódio piloto aconteceu por meio do Festival Arte Como Respiro em setembro. Com imagens feitas com os celulares dos próprios dançarinos, as gravações tiveram um lado denso e tocaram em pontos sensíveis, mas ainda com uma perspectiva bem-humorada frente ao estranhamento do “novo normal”. As cenas ofereceram ruídos e trilhas sonoras específicas que espelham um ambiente caseiro e reconhecível por todos.

Já a segunda temporada, que tem quatro episódios ao todo, foi selecionada por um edital do Sebrae RN e será lançada no próximo domingo 29, às 20h, no canal de YouTube do projeto, e contará também com um bate papo virtual com os artistas após a exibição.

Com a minissérie, René Loui, Mainá Santana, Arthur Moura e Willy Helm aprofundam a produção audiovisual em dança, embora sintam falta do contato presencial com o público. Por causa das trocas virtuais, por meio de comentários, curtidas e mensagens diretas, os artistas decidiram realizar um bate-papo online após a exibição da segunda temporada.

O público poderá perguntar o que quiser a respeito de toda a estrutura para construir os episódios, tirar dúvidas e ouvir curiosidades acerca de “Plano de Abandono”.

Os quatro episódios da nova temporada beiram a loucura, passeando através da dança pela sensação constante de enclausuramento, mas com a leveza da força ancestral. Cada episódio, entretanto, leva sensações divergentes para o público: aceleramentos e desaceleramentos.

A segunda temporada também carrega dois planos sequência em um, produzidos em duas casas diferentes. Mainá e René trocam objetos entre os lares, deixando elementos que referenciam um episódio dentro do outro, como a sensação de viver vários tempos simultâneos.

Os artistas trazem uma história sem linearidade, contada como pequenos flashes de memória, um grande sonho – ou pesadelo. A ideia de criar imagens em dança sobre o corpo negro que não reforcem estereótipos, cuidando da ancestralidade, é o disparador para toda a produção da minissérie.

A segunda temporada conta, ainda, com a colaboração sonora de artistas potiguares como Luísa Nascim, da banda Luisa e os Alquimistas, e Tiago Terras, que lançará em breve o novo single “Mundo Real”. Conta também com a participação internacional de dois outros artistas sonoros: Fabian Avilla, do México, e Stereo Architect, do Canadá.

Nova temporada de “plano de abandono” estreia neste domingo 29
Mainá Santana em registro da segunda temporada da minissérie. Foto: Willy Helm
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.