BUSCAR
BUSCAR
Manifestação
Motoristas de ônibus fazem nova paralisação no Viaduto do Baldo contra corte no salário
De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintro), o ato serve como protesto contra o corte de uma comissão paga aos motoristas que acumulam a função de cobrador
Redação
05/03/2021 | 17:27

Motoristas de ônibus de Natal iniciaram uma nova paralisação às 17h desta sexta-feira (5). O protesto acontece poucas horas depois de um outro ato ocorrido nas imediações do Viaduto do Baldo, na Cidade Alta. A nova manifestação acontece no mesmo local.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintro), o ato serve como protesto contra o corte de uma comissão paga aos motoristas que acumulam a função de cobrador. Os rodoviários dizem que os salários pagos nesta sexta-feira vieram sem a gratificação, sem acordo prévio.

“Hoje é dia de pagar os funcionários e os empresários não pagaram uma comissão para os trabalhadores que dirigem e cobram nesse trânsito caótico. Hoje eles cortaram a comissão dos trabalhadores”, afirma Harlei Davidson, diretor de Comunicação do Sintro. O ato é organizado pelo ex-vereador Júnior Rodoviário.

Segundo Harlei, a situação já foi relatada ao secretário municipal de Mobilidade Urbana, Paulo César Medeiros. “A gente entende que há conivência da secretaria”, diz o diretor do sindicato.

A manifestação também é contra as mudanças anunciadas nesta semana para o transporte público. Na quinta-feira (4), a Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) anunciou que 15 linhas terão reforço de frota nos horários de pico. Esses ônibus serão retirados de horários com baixa circulação de passageiros.

Para o diretor de Comunicação do Sintro, a medida não vai melhorar a situação de superlotação nos transportes. “Estão tirando ônibus de outras linhas, tirando de um para colocar em outro. Os ônibus continuarão lotados”, afirmou.

O Sindicato das Empresas de Ônibus de Natal (Seturn) disse que não vai se pronunciar sobre a manifestação.

Já a STTU apelou, em nota, para que os motoristas não paralisem as atividades.

“A STTU informa que as medidas anunciadas nesta quinta-feira com relação ao incremento de viagens nos chamados horários de pico do sistema de transporte público não alteram em anda a jornada de trabalho dos operadores do sistema, já que se trata de um remanejamento. A Secretaria espera que o presidente do Sintro tenha a sensibilidade que o momento exige no sentido de não realizar novas paralisações do sistema que causam transtornos e prejuízos para os usuários do sistema”, afirmou a pasta, em nota.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.