BUSCAR
BUSCAR
Economia
MAIS RN se consolida e firma parcerias para o desenvolvimento
Agenda Propositiva para o Desenvolvimento do Rio Grande do Norte — entregue, em outubro, pelo presidente da FIERN, Amaro Sales de Araújo, à governadora Fátima Bezerra — foi um marco nas atividades do Programa
Redação
24/12/2021 | 08:36

O MAIS RN consolidou serviços e programas, ao longo de 2021, que se firmaram como referências no tratamento e apresentação de indicadores e no relacionamento institucional voltado a projetos de desenvolvimento econômico, com ênfase na retomada das atividades produtivas, além do incentivo ao crescimento.

Elaborada pelo MAIS RN, a Agenda Propositiva para o Desenvolvimento do Rio Grande do Norte — entregue, em outubro, pelo presidente da FIERN, Amaro Sales de Araújo, à governadora Fátima Bezerra — foi um marco nas atividades deste Núcleo de projetos estratégicos da Federação das Indústrias.

A Agenda Propositiva tem “sete pontos urgentes e estruturantes” para o futuro do Estado, com a descrição das principais ações que precisam ser adotadas em cada uma destas áreas para retomar o crescimento econômico, com sustentabilidade, do RN: Lei de Concessões, Porto de Natal, Energia Eólica, Petróleo e Gás, Gestão de Ativos, Educação Pública e Turismo. O documento foi entregue durante reunião, que também contou com a participação dos demais integrantes da Diretoria Executiva e gestores da FIERN, além do vice-governador Antenor Roberto e secretários de Estado, na Casa da Indústria.

“Neste ano, o MAIS RN se consolidou no seu plano de ser um prestador de serviço à sociedade potiguar por intermédio de diversos projetos executados juntos à indústria, aos órgãos governamentais e outras organizações, que são públicas, embora não estatais”, destaca José Bezerra Marinho, coordenador do Mais RN.

“Foram acompanhados todos os grandes eventos que ocorreram em 2021, as informações foram capturadas em vários níveis, acompanhadas quase que semanalmente, tratadas e devolvidas para a sociedade, investidores e os mais diversos interessados”, acrescentou.

Ele afirmou que o MAIS RN procurou cumprir seu papel em 2021, quando muitas inovações que estavam no forno tiveram que sair apressadamente para a execução, diante do senso de urgência trazido pela crise”. “Foi um ano de desafios e, ao mesmo tempo, de oportunidades. E, nesta conjuntura, a orientação do presidente Amaro [Sales, da FIERN] foi que ajustássemos cada vez mais a sintonia do serviço aos Sindicatos, a cada indústria, e ao diálogo com o Governo do Estado”, disse José Bezerra Marinho.

Gerente do MAIS RN, Pedro Albuquerque explica que uma das ênfases de atuação do programa é a integração às unidades da própria FIERN.

Nestas ações, auxilia com indicadores, elaboração de plataformas, mapeamentos, emissão de relatórios. No relacionamento com o Centro Internacional de Negócio, do Espaço Empresarial, que tradicionalmente já coletava e sintetizava dados sobre o mercado externo do RN, o Mais RN colaborou ao desenvolver novas plataformas de divulgação dos dados.

Com o Espaço Empresarial, também houve a colaboração para disponibilizar indicadores dos municípios com os quais foram firmadas parcerias nas regiões do Seridó Oriental, Mato Grande, Salineira e Oeste. “Com isso, foi possível entregar uma plataforma estratégica aos municípios”, disse.

O suporte técnico assegurado à equipe de Mercado do Sistema FIERN também permitiu avanços com plataformas de mapeamento de oportunidades e direcionamento de atuação dos agentes, fixação de metas e acompanhamento da atuação.

Com o SESI-RN, as ferramentas disponibilizadas pelo Mais RN propiciam o planejamento e abertura com mais segurança e eficácia dos postos de vacinação no Programa Ação Pela Vida. “Surgiu a necessidade, naquele momento, principalmente voltada ao colaborador da indústria. O MAIS RN mapeou onde estava essa demanda em todos os municípios, o que permitiu cumprir a legislação e incluir o industriário como grupo prioritário”, lembra Pedro Albuquerque.

Com o Observatório da Indústria, há 25 indicadores de setores e áreas que fornecem parâmetros e fontes de pesquisa para empresários, investidores e interessados em conhecimentos sobre o Rio Grande do Norte. O MAIS RN fornece, nestas Plataformas, informações sobre economia, segurança pública, educação, administração pública, arrecadação do Estado e diversos outros segmentos.

Pedro Albuquerque lembra também o trabalho que é feito com a Sala de Situação, no qual junto a um Sindicato representativo de um setor industrial é feito um amplo levantamento sobre a situação e a articulação para encaminhar algumas demandas das empresas do segmento.

Neste programa, a primeira fase, é o diálogo com dirigentes de sindicatos e empresários para identificar gargalos, dificuldades e desafios. Em seguida, a avaliação dos dados quantitativos do setor. As questões e demandas são levadas à Universidade com a qual o MAIS RN, por intermédio da FIERN tem o convênio, ou a algum órgão governamental.

“Esse terceiro momento é a tríplice hélice. Na Universidade, conseguimos congregar para em conjunto pensarmos a agenda positiva, soluções. Outro aspecto é levar demanda a órgãos governamentais”, narra o gerente do MAIS RN.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.