BUSCAR
BUSCAR
Séries
La Casa de Papel: Música que toca no final da 5ª temporada é antiga e tem significado especial
Bella Ciao não é a única: 5ª temporada de La Casa de Papel tem música marcante e simbólica na trilha sonora
Adoro Cinema
10/09/2021 | 12:04

Um dos maiores sucessos da história da Netflix, La Casa de Papel tornou inesquecível a música Bella Ciao, que traz uma mensagem de protesto e resistência que se relaciona à trama do à Casa da Moeda. Na 5ª temporada da série, em que a guerra ficou ainda mais grandiosa, uma nova canção se tornou um símbolo para a trama de Tóquio (Úrsula Corberó), que tem um desfecho trágico na parte 1 do final da série. Intitulada “Grândola Vila Morena”, a nova música também tem uma conexão especial com a história.

A canção, composta em 1964 pelo artista português Zeca Afonso, foi um símbolo da resistência e liberdade do povo ao governo ditatorial de Antonio Salazar, após o golpe militar que aconteceu em Portugal em 1926. Ao longo dos anos, a polícia opressora e a decadência econômica fez surgir um momento anti-ditadura entre o povo, que explodiu em 25 de abril de 1974. O sinal para o início da revolução foi justamente “Grândola Vila Morena”.

A música, que era proibida pelo governo, foi tocada à meia-noite nas rádios como mensagem aos líderes revolucionários, indicando o início da operação armada que conseguiu derrubar Marcelo Caetano, ministro do governo de Antonio Salazar, que substituiu o ditador quando sofreu um derrame cerebral.

Conexão com La Casa de Papel

Além de ser um símbolo da resistência, o ideal que move o Professor (Álvaro Morte) e sua gangue, “Grândola Vila Morena” também fala sobre liberdade e fraternidade, ideias muito ligadas à trajetória de Tóquio. Durante a série e especialmente no final, a personagem reforça o quanto buscou ser livre e o quanto este desejo custou a ela. Além disso, ao se tornar parte do grupo de ladrões, a protagonista fala também que ganhou uma nova vida ao lado de pessoas que se tornaram sua nova família e que compartilhavam de seus ideais.

Por fim, após uma batalha intensa contra o exército militar, que invadiu o banco, Tóquio afirma que finalmente conquistou sua liberdade. “Se meu corpo não pode escapar, que pelo menos minha alma escape”, diz, antes de explodir as granadas que estava carregando.

Música de abertura de La Casa de Papel

Outra curiosidade sobre “Grândola Vila Morena” é que a versão que ouvimos na série é cantada pela artista espanhola Cecilia Krull, que você pode até não reconhecer pelo nome, mas pela voz, sim. É ela quem canta a música de abertura de La Casa de Papel, “My Life is Going On”.

Quando estreia a parte 2 de La Casa de Papel

Com várias questões pendentes para responder antes do fim, La Casa de Papel retorna para os últimos cinco episódios em 3 de dezembro, no catálogo da Netflix.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.