BUSCAR
BUSCAR
Gastos
Gasto de Mourão com cartão corporativo cresceu quase 4 vezes entre 2019 e 2022
Em 2019, ano do primeiro mandato dele como vice, o militar gastou R$ 427,2 mil

13/02/2023 | 10:15

O ex-vice-presidente da República general Hamilton Mourão (Republicanos) gastou R$ 1,6 milhão com o cartão corporativo no ano passado. Em 2019, ano do primeiro mandato dele como vice, o militar gastou R$ 427,2 mil. Os dados foram obtidos via LAI (Lei de Acesso à Informação) pela Fiquem Sabendo, agência de dados especializada no acesso a informações públicas.

Na comparação entre 2019 e 2022, os gastos de Mourão subiram 280%, ou seja, foram quase quatro vezes maiores. A variação percentual é mais de dez vezes maior que a inflação acumulada no período, que foi de 26,9%, segundo a calculadora oficial do BC (Banco Central).

Veja os valores gastos por Mourão com o cartão corporativo por ano:

  • 2019: R$ 427.237,13
  • 2020: R$ 700.729,49
  • 2021: R$ 1.140.300,71
  • 2022: R$ 1.626.623,78

Em 2022, os maiores gastos do ex-vice-presidente foram com alimentação. O segundo tipo de despesas com mais gastos foi o de hospedagens.

Veja os cinco maiores valores por tipo de despesas:

  • Alimentação: R$ 1.614.333,26
  • Hospedagens: R$ 1.488.625,47
  • Serviços de apoio técnico, administrativo e operacional: R$ 331.704,77
  • Serviços médicos, odontológicos e laboratoriais: R$ 113.080,88

Material para manutenção de bens imóveis: R$ 68.869,97

A maior de despesa do mandato de Mourão como vice-presidente foi uma hospedagem que custou R$ 38.100,50. Ele se hospedou no hotel InterContinental São Paulo, na região da avenida Paulista, em setembro do ano passado.

Em segundo lugar aparece outra hospedagem em novembro de 2021, dessa vez no Atlântica Hotels International, em Belém (PA). O valor da despesa foi de R$ 31.096.

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.